NOTÍCIAS
25/08/2015 10:32 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:31 -02

Crime ou tradição? Veja fotos do casamento de uma menina de 15 anos com um homem de 32

Getty Images

Mohammad Hasamur Rahman tem 32 anos. Na última semana, ele se casou com Nasoin Akhter, de 15.

Os dois vivem em Manikganj, em Bangladesh. O país, segundo a Human Rights Watch, apresenta uma das taxas mais altas de casamento precoce do mundo: 29% das meninas se casam antes dos 15 anos, e 65% antes dos 18.

E os efeitos do casamento precoce não podem ser menosprezados: a maioria das meninas que se casam muitos jovens, abandonam a escola. Além disso, jovens entre 15 e 20 anos que ficam grávidas estão duas vezes mais propensas a morte no parto do que mulheres mais velhas de 20 anos. Para adolescentes de 15 anos de idade, o risco é até cinco vezes maior.

Além disso, segundo a organização, pesquisas mostram que um abismo de idade entre os noivos torna as meninas mais propensas a serem vítimas de violência e abuso sexual.

O casamento infantil é, muitas vezes, justificado por causa da pobreza e de tradições culturais. Alguns pais também acreditam que os matrimônios precoces podem "proteger" as meninas de abusos sexuais.

  • Allison Joyce/Getty Images
  • Allison Joyce/Getty Images
  • Allison Joyce/Getty Images
  • Allison Joyce/Getty Images
  • Allison Joyce/Getty Images
  • Allison Joyce/Getty Images
  • Allison Joyce/Getty Images
  • Allison Joyce/Getty Images
  • Allison Joyce/Getty Images
  • Allison Joyce/Getty Images
  • Allison Joyce/Getty Images
  • Allison Joyce/Getty Images
  • Allison Joyce/Getty Images
  • Allison Joyce/Getty Images
  • Allison Joyce/Getty Images
  • Allison Joyce/Getty Images

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: