NOTÍCIAS
24/08/2015 11:56 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:24 -02

Marco Feliciano sugere que vai acionar Luciana Genro na Justiça após acusação sobre a descriminalização das drogas

Montagem/Estadão Conteúdo

O deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP) indicou que vai acionar a ex-deputada Luciana Genro (PSol-RS) na Justiça após um ‘bate-boca’ entre os dois no Twitter.

Tudo começou quando Luciana, ex-candidata à Presidência da República em 2014, resolveu opinar sobre a descriminalização das drogas no Brasil, tema que está sob a análise do Supremo Tribunal Federal (STF).

Um dos tweets, porém, atiçou a curiosidade de Feliciano.

Ela não perdeu tempo ao citar um caso de 2013, quando a Polícia Federal do Espírito Santo apreendeu um helicóptero que carregava 450 kg de cocaína. A aeronave pertencia à Limeira Agropecuária, empresa do filho do senador Zezé Perrella (PDT) – este aliado político de Aécio Neves (PSDB-MG).

Para Feliciano, Luciana Genro terá de se explicar na Justiça por “soprar ao vento” aquilo que leu.

O deputado do PSC, integrante da Bancada Evangélica, usou até a Câmara dos Deputados para repudiar as palavras da líder do PSol.

O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), considerou as palavras da ex-deputada “graves” e prometeu acionar o departamento jurídico da Casa para interpelar Luciana Genro.

Ao Brasil Post, a ex-presidenciável do PSol disse considerar Cunha “um gangster” que defende apenas os interesses seus e dos grupos que o financiam. Já Feliciano deixou uma mensagem de apoio ao presidente da Câmara.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: