NOTÍCIAS
02/08/2015 19:30 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:52 -02

23 coisas mais prazerosas de que 'curtir' tudo que surge no Facebook

eric.delcroix/Flickr
de mon blog Tumblr erdelcroix

Se existisse um logo para a autogratificação seria um ‘joinha gigante’ do Facebook.

Nós vivemos em uma cultura onde é perfeitamente aceitável "fazer algo para publicar no Instagram" e comum "fazer check-in" num descolado bar com terraço antes mesmo de pedir uma bebida. Em outras palavras, podemos estar ligados demais às “curtidas” das redes sociais e às notificações disponibilizadas pelos nossos smartphones.

Algumas pesquisas sugerem que nossa dependência pode estar relacionada com o desejo de gratificação instantânea. Nosso cérebro reage quando antecipamos uma recompensa (na Internet, seria um “curtir” no Facebook ou no Instagram), de acordo com a psicóloga comportamental Susan Weinschenk. Mas não é só com especialistas - até mesmo nós, que agimos dessa forma, estamos cientes desse efeito. De acordo com uma pesquisa de 2014, 62% de adultos sentem-se melhor sobre si mesmos quando alguém reage de forma positiva a algo que eles publicaram na internet.

Não podemos negar que existe uma maior sensação de bem-estar, com um fortalecimento da autoestima, proveniente do selo de aprovação das redes sociais. Mas existem muitas outras formas de recriar o sentimento de "recompensa" no cérebro que não seja através de uma tela iluminada.

Abaixo estão 23 coisas que dão mais prazer (e são melhores para você!) do que uma curtida no Facebook.

1. Sair pra correr

Uma palavra: endorfina. Os hormônios do bem-estar, liberados naturalmente durante o exercício, são aquele ‘burburinho’ perfeito nas horas em que você precisa melhorar as suas perspectivas. Tudo isso sem necessidade de ficar rolando uma tela.

2. Dormir

Viva a vida como se você só tivesse 10 minutos de manhã. As pesquisas mostram que quando se perde o sono, os níveis de estresse sobem astronomicamente. Extras Zs > do que extras ‘likes’ no seu status.

3. Dar carinho ao seu cachorrinho

Ou o seu gato, o papagaio, ou quem sabe até um hedgedog, um pet que lembra um ouriço. Estudos mostram que os bichinhos de estimação aumentam a felicidade dos donos, mas uma pesquisa de opinião de 2014 do HuffPost/YouGov descobriu que 20% dos donos de bichinhos de estimação preferem trocar carinhos com seus smartphones do que com seus amigos peludinhos. Booo!

4. Fazer uma massagem

Pessoalmente nós trocaríamos esse monte de notificações do Facebook por um corpo e mente mais relaxados. Sem mencionar os inúmeros benefícios que a prática tem para aliviar o estresse.

5. Andar no parque

Ficar em um lugar rodeado de verde em vez do ciberespaço seria a melhor coisa que você poderia fazer para o seu humor durante o dia todo. As pesquisas mostram que apenas alguns minutos andando pela natureza podem reduzir os sintomas de depressão.

6. Rir

O riso é realmente o melhor remédio - especialmente quando é uma gargalhada tão forte que funciona como um treino para definir o seu abdômen. Risadas provam ser uma forma de reduzir os níveis de estresse e podem até fortalecer o sistema imunológico. Será que as redes sociais conseguem fazer isso?

7. Comer uma deliciosa refeição

Juntar comida de dar água na boca e um pouco de prática de alimentação consciente? Fechado! É isso que eu chamo de estar bem satisfeito.

8. Ler um livro cativante

Além da capacidade de deixá-lo escapar da realidade, um bom e velho romance proporciona enormes vantagens para a saúde. A leitura está associada à redução do estresse, melhor sono e até mesmo um cérebro mais afiado.

9. Tomar um banho quentinho

Você certamente ficará menos estressado depois de um banho desses (e não podemos dizer o mesmo da sua rolagem constante no feed das redes sociais). Repita conosco: Ahhh.

10. Passar um tempo com os seus entes queridos

Um FaceTime (reunião cara a cara) real com a sua melhor amiga ganha da versão da telinha em qualquer dia da semana (até a ciência concorda).

11. Fazer uma nova receita de bolo

Afinal, "sobremesa" é o contrário de estresse nas palavras em inglês, desserts e stressed. Pode mesmo existir um elemento de meditação ao cozinhar.

12. Dar beijos apertados no seu amor

A gente prefere uma curtida de verdade do que a do Facebook, sem sombra de dúvidas. As pesquisas mostram que beijar pode ajudar a aliviar o cortisol, aquele hormônio irritante que estimula o estresse no corpo. Prepare-se para fazer biquinho!

13. Dançar espontaneamente

As pesquisas também sugerem que fazer isso vai melhorar o seu humor, além de fazer o coração disparar. Quanto mais desengonçados os seus movimentos, maior a sua satisfação com essa sessão (ou será que é só com a gente?)

14. Planejar as férias

Apenas pense em todas as possibilidades (fica ainda melhor se for um lugar sem nenhuma conexão). Alguns estudos sugerem que antever um período de férias pode aumentar e muito os seus níveis de felicidade. Combine essa alavanca da felicidade com o fato das férias promoverem o nosso bem-estar e você nem precisará verificar as notificações para se sentir feliz.

15. Experimentar uma nova modalidade de exercícios

Quer se trate de algo na moda como o SoulCycle, uma variação divertida de um velho favorito como a ioga aérea ou uma aula de Zumba na sua academia mais próxima, arrisque-se e tente algo novo - e faça isso apenas por você, não para a sua audiência nas redes sociais.

16. Ouvir uma canção realmente linda

A música é uma forma de nos deixar para cima, isso porque ela libera uma substância química que reforça o humor no cérebro. Então vá em frente e aperte o play do novo álbum de Taylor Swift. Ninguém vai te julgar se você escutar repetidas vezes (existe uma razão científica para isso).

17. Apreciar uma bela paisagem

Estamos programados para nos inspirarmos com certas coisas, quer se trate de uma cena da natureza de tirar o fôlego ou de uma experiência espiritual. As pesquisas sugerem que esses momentos de deslumbramento podem nos deixar mais felizes e criativos. Não é só isso, nós nos lembraremos mais sobre o que estamos vendo se não estivermos preocupados em capturar tudo através da tela do iPhone. Em outras palavras, podemos nos beneficiar mais com um pôr do sol ao invés de publicá-lo por alguns corações no Instagram.

17. Escrever uma carta a alguém

Escrever à mão é uma arte perdida, sem mencionar que, de fato, isso traz alguns importantes benefícios à saúde mental. Além disso, quem não adora receber um comentário na vida real vindo de alguém que ama? Se formos honestos, isso significa muito mais do que qualquer coisa digital.

19. Surpreender alguém

Atos aleatórios de bondade podem ir longe. Esse tipo de gesto levanta os outros, promove o seu próprio bem-estar e até mesmo ajuda a reduzir a ansiedade social. É muito mais satisfatório do que ver aquela bolhinha de notificação vermelha.

20. Escrever no diário

Em vez de publicar seus pensamentos negativos em um status no Facebook (para o desgosto dos outros que ali estão - e conseguir provavelmente menos curtidas no status), tente limpar a sua mente em um pedaço de papel. Um estudo sugere que escrever o que você tem na sua cabeça e botar isso pra fora fisicamente pode ajudar a clarear a mente.

21. Apreciar um dia bonito

Existe algo melhor do que um pouco de sol e vitamina D? Vamos sentir falta nos dias frios. É melhor abandonar a tela dentro de casa e tirar proveito disso. O cérebro e o corpo vão lhe agradecer por isso.

22. Dar uma olhada em fotos antigas

Vida longa às lembranças! Dar-se ao luxo de um pouco de nostalgia é bom para nós - pesquisas sugerem que podem até aumentar o nosso otimismo. Se você realmente quer ir fundo no passado tente folhear um álbum de fotografias.

23. Perceber que você teve um dia perfeito - sem o seu telefone!

Não precisamos nem explicar. Segura essa, Facebook.

(Tradução: Simone Palma)

Este artigo foi originalmente publicado pelo HuffPost US e traduzido do inglês.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: