NOTÍCIAS
29/07/2015 21:45 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:52 -02

Pela 7ª vez consecutiva, Copom eleva taxa básica de juros e Selic vai para 14,25% ao ano

FIickr
macro utilizando o macete da lente reversa.Tirada com uma P&S com lentes de uma Pentax.

Pela sétima vez consecutiva, o Banco Central decidiu nesta quarta-feira (29) elevar a taxa básica de juros, a Selic. Com alta de 0,50 ponto percentual, a taxa passou de 13,75% para 14,25% ao ano e atingiu o maior nível em nove anos -- desde agosto de 2006.

A elevação da Selic já era esperada pelo mercado. Desde outubro do ano passado o Copom (Comitê de Política Monetária) aumenta a taxa nos juros básicos da economia na tentativa de controlar o crédito e o consumo e, consequentemente, a inflação.

O IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), indicador oficial da inflação, acumula alta de 6,17% até junho. Nos últimos 12 anos terminados no mesmo mês, a variação chegou a 8,89% -- bem acima do centro da meta do governo para este ano, de 4,5%.

Para os economistas ouvidos pela Estadão Conteúdo, o BC deve sustentar o ritmo de aumento da Selic pelos próximos meses.

"Toda essa mudança de meta fiscal, a piora de percepção com relação ao Brasil, tem levado a uma pressão maior no câmbio, o que deve fazer o BC sustentar o ritmo de aumento da Selic", diz a economista e sócia da Tendências Consultoria Integrada, Alessandra Ribeiro.

O crédito subiu!

Com a elevação da Selic, os juros ao consumidor atingiram 124,63% ao ano, ante 120,43% na taxa passada, de acordo com as projeções da Anefac (Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade).

Isso significa que, a partir de agora, você pagará mais caro no financiamento da casa e do carro, por exemplo, além do cartão de crédito, cheque especial e do empréstimo pessoal.

Na ponta do lápis, um consumidor que utiliza R$ 3.000 por mês no cartão de crédito pagará ao final do ano R$ 377,40 apenas de juros. Já um empréstimo pessoal de R$ 5.000, a uma taxa mensal de 4,14%, o consumidor vai pagar, no total, R$ 6.445,17.

(Com informações da Estadão Conteúdo)

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: