NOTÍCIAS
24/07/2015 14:48 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:52 -02

Entenda o Crowdfunding: Como o poder do financiamento coletivo pode tirar sua ideia do papel

Rocío Lara/FIickr

Se você não tem um paitrocínio ou investidores já certos, conseguir dinheiro suficiente para tirar sua ideia do papel -- seja um livro, documentário ou gravar um CD -- é bem complicado.

Mas, tudo ficou mais fácil (e acessível) com a disseminação do crowdfunding, o financiamento coletivo que está revolucionando o modo de criar projetos em todo o mundo.

Diferente dos "patrocínios tradicionais", como parentes, investidor-anjo, incubadora, entre outros, o crowdfunding é baseado no investimento coletivo.

Sem grana para bancar a ideia, uma pessoa publica em sites de financiamento coletivo o projeto e estipula o custo necessário para torná-lo real. Assim, qualquer um (desde pessoas comuns a investidores e empresários) podem literalmente "comprar a ideia" e colaborar financeiramente.

Em pouco tempo, esse novo jeito de financiar ganhou o mundo -- inclusive o Brasil. Diversos sites brasileiros, como Kickante, Benfeitoria, Catarse, Juntos.com.vc, entre outros, já somam milhares de usuários.

"Hoje, você consegue encontrar um site de financiamento coletivo mais indicado ao seu projeto", conta Pedro Duarte, jornalista e escritor do Tony Moon: está tudo fora de controle, cara!, que utilizou o Crowdfunding para tirar o livro do papel.

No início, ele estipulou R$ 7.800 e acabou arrecadando mais de R$ 9 mil. Ele contou sua experiência na Campus Party Recife e deu dicas para quem também quer se aventurar no crowdfunding. Veja quais são elas:

1. Escolha o site correto

Segundo Pedro, a primeira coisa que você deve fazer é pesquisar sobre os sites e escolher o melhor que adeque ao perfil do seu projeto e os termos de uso, como a comissão da plataforma. Por exemplo: para projetos de entretenimento, o Cartase é mais adequado. Já projetos de cunho social, o Benfeitoria é a melhor opção.

2. Planeje muito

Não tenha pressa para criar um plano detalhado de "venda" do seu projeto. Segundo Pedro, o maior fluxo de financiamento é na primeira e na última semana, como um gráfico em "U". A estratégia é encontrar maneiras de "bombar" o projeto, a partir de brindes ou frete grátis, além de boa divulgação na imprensa local e nas redes socais.

"Ofereci frete grátis para quem comprasse o projeto na primeira semana e já no primeiro dia arrecadei R$ 700". Além de frete grátis, ele ofereceu brindes como canecas, bonequinhos e outros itens para não deixar o financiamento esfriar nas outras semanas.

3. Saiba vender seu peixe

Não só porque você encontrou um site de financiamento coletivo que seu projeto vai decolar. O sucesso também exige um baita esforço pessoal de marketing. Você precisa divulgar seu produto, contando com ajuda dos parentes e amigos e tentando fechar algum tipo de parceria com pessoas com um buzz na área de seu projeto.

Por exemplo: se você tem uma banda de rock e quer lançar um CD, procure bandas já conhecidas e peça para eles divulgarem seu projeto. Um retweet, um compartilhamento no Facebook -- isto pode fazer a diferença. "Mas você não pode apenas pedir. Faça propostas, faça um release. Não fique apenas na amizade. Invista no networking."

Outra dica é pensar na melhor maneira de mostrar seu projeto, como gráficos de pizza, imagens, montagens e vídeos.

"Tente ser criativo. O site é muito visual. Trabalhe com imagens e vídeo em vez de um textão."

4. Dinamize sua campanha

Coloque recompensas diferentes ao longo do tempo que você tem para arrecadar o financiamento. Como já foi dito anterior, frete grátis, brindes, promoções podem alavancar aqueles dias mais "mornos".

5. Seja honesto e saiba prometer

"Prometi aos meus 200 apoiadores que entregaria meu livro em janeiro, mas só consegui em abril", conta Pedro. Pensar no pós-venda e como cumprirá os prazos é muito importante para o sucesso e uma possível continuação do projeto.

Segundo o jornalista, ser honesto sobre o que esperar do projeto e estipular prazos reais trarão mais confiança e atrairá até mais apoiadores.

6. Preste atenção na qualidade do que está entregando

"Qualidade acima de tudo. Se é um livro, que tenha bom papel, bom conteúdo", aconselha o jornalista. "As pessoas vão confiar em você e a cada projeto de sucesso, as chances de você lançar outros projetos aumentam."

Segundo Pedro, se o primeiro projeto deu certo, a chance do segundo conquistar o financiamento necessário é de 30%.

"Quando chega ao quarto projeto, a chance de sucesso é de 90%. Pense no agora, mas também no que vem depois."

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: