NOTÍCIAS
20/07/2015 14:43 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:52 -02

Onda de homicídios em Manaus (AM) já conta 34 mortes em três dias, e polícia não tem suspeitos

NATHALIE BRASIL/SECOM

Uma onda de homicídios em Manaus (AM) preocupa a população e autoridades. Até o momento, 34 pessoas foram mortas e mais nove tentativas de homicídio ocorreram desde a última sexta-feira (17). A polícia ainda não tem suspeitos.

A Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) afirmou em coletiva que existem indícios que os crimes tenham sido cometidos pelo mesmo grupo.

O G1 informou que o secretário da pasta, Sérgio Fontes, disse que “a princípio [os homicídios], não têm nenhuma relação", mas que nenhuma possibilidade de investigação será descartada.

Segundo o jornal A Crítica, uma das possibilidades estudadas é que as mortes tenham sido motivadas pelo assassinato do sargento da Polícia Militar Afonso Camacho, na última sexta-feira (17). Outra possibilidade é que as vítimas sejam consequência de "brigas entre organizações criminosas”, segundo o secretário.

“Iremos ouvir todos os que foram baleados [e sobreviveram] e vamos recolher imagens [de câmeras de segurança]”, finalizou Fontes.