ENTRETENIMENTO
20/07/2015 19:36 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:52 -02

Josh Greenberg, fundador do streaming musical Grooveshark, é encontrado morto

Josh Greenberg, de 28 anos, um dos fundadores do site norte-americano Grooveshark, foi encontrado morto em Gainesville, na Flórida, neste domingo. A informação só foi confirmada pela polícia local somente nesta segunda.

Segundo jornais locais, não havia sinais de violência ou possíveis marcas de suicídio. Josh foi encontrado pela namorada, que tinha passado o final de semana longe de casa.

Lori Greenberg, a mãe de Josh, afirmou que o filho se encontrava "animado com novos projetos" e que estava "aparentemente saudável". Os resultados da autópsia ainda não foram divulgados.

Fim do Grooveshark

Após quase dez anos no ar, o Grooveshark foi alvo de um processo milionário movido por grandes gravadoras americanas. Com a possibilidade de precisar pagar mais US$ 700 milhões, o site decidiu encerrar suas atividades.

"Começamos com o objetivo de ajudar fãs a compartilhar e descobrir música. Apesar das nossas melhores intenções, cometemos erros graves. Falhamos em obter o direito autoral das muitas canções do nosso acervo. Isso foi errado. Pedimos desculpas", disse divulgado em abril, época do anúncio do fim das atividade. Segundo a empresa, a rede teve mais de 20 milhões de usuários.

Criado quando Josh tinha 19 anos, o Grooveshark foi um dos serviços de música mais populares do mundo. Mas o site foi desativado em abril de 2015, após uma ação judicial por direitos autorais.