NOTÍCIAS
20/07/2015 15:09 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:52 -02

Dia histórico! Veja as melhores fotos da abertura das embaixadas em Cuba e nos EUA

Reuters

Um dia que vai entrar para a história.

Nesta segunda-feira (20), foram reabertas as representações de Cuba em Washington e dos EUA em Havana, tornando oficial o restabelecimento das relações diplomáticas entre os dois países.

Enquanto os cubanos hastearam a bandeira na representação diplomática em Washington, os americanos decidiram esperar: a bandeira americana só será colocada em frente a embaixada do país em Havana quando o secretário de Estado, John Kerry, for ao país, em agosto.

Cuban Embassy Opening in Washington D.C.

Cuban Embassy Opening in Washington D.C.

Posted by C-SPAN on Lunes, 20 de julio de 2015

O ministro cubano das Relações Exteriores, Bruno Rodríguez, presidiu a reinauguração da embaixada, um marco no restabelecimento diplomático iniciado com o anúncio do presidente norte-americano, Barack Obama, e de seu homólogo cubano, Raúl Castro, em 17 de dezembro passado.

Ainda existem grandes desavenças entre os EUA e a comunista Cuba, e se espera que os esforços para uma normalização plena caminhem devagar. Mas as cerimônias tiveram uma enorme carga simbólica depois de mais de dois anos de negociações entre os dois governos, que se evitaram durante muito tempo.

“Os eventos históricos que estamos vivendo hoje só terão sentido com a suspensão do bloqueio econômico, comercial e financeiro que provoca tanta privação e dano ao nosso povo, a devolução do território ocupado de Guantánamo e respeito pela soberania de Cuba”, disse Rodríguez.

O ministro se pronunciou durante a recepção dentro do edifício, que foi visitado pelo líder revolucionário Fidel Castro poucos meses após sua tomada do poder em Cuba em 1959. Ele afirmou que a bandeira cubana hasteada do lado de fora da representação de Washington quando esta foi fechada, em 1961, agora será exibida do lado de dentro.

Mais de 500 pessoas, incluindo servidores do governo Obama, parlamentares dos EUA e uma grande delegação cubana em visita compareceram à cerimônia na mansão quase centenária, que está sendo reconvertida em embaixada cubana. A delegação dos EUA foi liderada pela secretária de Estado assistente para assuntos do hemisfério ocidental, Roberta Jacobson.

  • Reuters
    Carregando pequenas bandeiras dos EUA e de Cuba, homem aguarda abertura da embaixada cubana em Washington
  • Reuters
    Bandeira de Cuba é vista em frente a representação do país em Washington
  • Reuters
    Mulher se abana com um leque com estampa de Cuba enquanto espera a reabertura da embaixada cubana nos EUA, após 54 anos
  • Reuters
    Segurança é reforçada em frente a embaixada de Cuba em Washington
  • Reuters
    Guarda de Honra carrega bandeira de Cuba
  • Reuters
    Movimentação em frente à embaixada cubana em Washington
  • Reuters
    Ministro das Relações Exteriores de Cuba, Bruno Rodriguez, hasteia bandeira do país na embaixada nos EUA
  • Reuters
    Membro da comitiva diplomática boliviana fuma charuto em frente à embaixada de Cuba

(Com informações da Reuters.)