NOTÍCIAS
18/07/2015 15:33 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:52 -02

O que é zero absoluto?

Reprodução

É a menor temperatura que qualquer coisa pode atingir no universo.

Qualquer átomo ou molécula que chegar a zero da escala Kelvin (0K ou -273,15 °C) ficaria imóvel. Mas isso não passa de uma teoria, já que não foi possível atingir a temperatura nem mesmo em laboratório – o recorde de aproximação está em 0,000000000001K.

Em experiências, cientistas alemães e norte-americanos descobriram que em baixas temperaturas um corpo pode passar por três efeitos colaterais: a supercondutividade, a superfluidez e a condensação de Bose-Einstein. Como supercondutor, ele cria um campo magnético que seria capaz de levitar um imã.

Já a superfluidez, com a ausência de resistência mecânica, permitiria que um líquido subisse pelas paredes de um copo. A última teoria, a de Bose-Einstein, é a de que o comportamento da matéria muda radicalmente – um corpo composto de diversas partículas agiria como um condensado, ou seja, como um único átomo gigante.

A tese da condensação foi proposta por einstein em 1925, que deu continuidade ao trabalho do físico indiano Satyendra Nath Bose.

Bobinas do Colisor de Hádrons (lHC) chegam a 1,9K (-271 °C ) em resfriamento.

Fonte: Dulcidio Braz Jr, físico, professore autor do blog Física na Veia.