NOTÍCIAS
17/07/2015 12:57 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:52 -02

Grupos organizam 'panelaço' nas redes sociais durante pronunciamento de Eduardo Cunha

Reprodução/Facebook

Os "panelaços" que fizeram barulho durante os pronunciamentos de Dilma e dos ministros do governo podem se voltar contra Eduardo Cunha (PMDB), nesta sexta-feira (17), quando o presidente da Câmara dos Deputados fará um pronunciamento em cadeia nacional.

Diversos eventos marcados nas redes sociais prometem não apenas "panelaços" mas também "buzinaços", "apitaços", "trombonaços", "vaiaços" e até "pagodaço".

O discurso de Cunha está marcado para as 20h25 desta sexta-feira (17) e vai durar cinco minutos. Segundo fontes ligadas ao peemedebista, o pronunciamento será sobre um balanço semestral do Legislativo, que entra em recesso a partir de amanhã até 31 de julho.

Na manhã de hoje, Cunha fez uma coletiva na qual anunciou seu "rompimento pessoal" com o governo. A decisão foi tomada após a denúncia de que o deputado teria recebido US$ 5 milhões em propina da empreiteira Corrêa para assegurar contratos da empresa com a Petrobras. A informação partiu do lobista Júlio Camargo durante depoimento de delação premiada na Operação Lava Jato.

Para Cunha, a delação trata-se de uma tentativa por parte do governo de fragilizá-lo. "Está muito claro para mim que esta operação [Lava Jato] é uma orquestração do governo", afirmou.

Eleições nos EUA
As últimas pesquisas, notícias e análises sobre a disputa presidencial em 2020, pela equipe do HuffPost