NOTÍCIAS
15/07/2015 21:01 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:52 -02

Parlamento da Grécia aprova plano de auteridade que prevê aumento de impostos e corte de benefícios

ARIS MESSINIS via Getty Images
Greek Prime Minister Alexis Tsipras reacts during a parliament session in Athens on July 15, 2015. AFP PHOTO / ARIS MESSINIS (Photo credit should read ARIS MESSINIS/AFP/Getty Images)

O parlamento grego aprovou as principais exigências dos credores em troca de uma ajuda financeira de mais de € 86 bilhões ao país. O plano de austeridade votado nesta quarta-feira (15) inclui medidas como o aumento de impostos ao consumidor e reforma no sistema de aposentadoria. Este será o terceiro resgate financeiro para evitar que o país deixe a zona do euro.

Segundo a televisão estatal da Grécia, 229 deputados votaram a favor do acordo, seis abstiveram-se e 64 manifestaram-se contra, principalmente o ex-ministro das Finanças, Yanis Varoufakis, e o presidente do Parlamento grego, Speaker Zoe Konstantopoulou.

Enquanto as autoridades discutiam o novo plano de resgate, manifestantes contra as medidas de austeridade e policiais entravam em confronto nas ruas de Atenas.

De acordo com as agências de notícias, o episódio é um dos mais violentos dos últimos dois anos. A polícia lançou bombas de gás em direção aos manifestantes que também revidaram. Embora os protestos sejam comuns na Grécia, os confrontos com a polícia são bastante raros.

(Com agências internacionais)