ENTRETENIMENTO
14/07/2015 13:05 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:40 -02

50 Cent explica porque ele entrou com um pedido de falência: 'Você não tem com o que se preocupar'

NOVA YORK/LOS ANGELES (Reuters) - O rapper 50 Cent pediu proteção contra falência nesta segunda-feira, apresentando dívidas e ativos na faixa de 10 milhões a 50 milhões de dólares. O artista de 40

Getty Images

Você deve estar se perguntando como o rapper 50 cent, que é dono do álbum “Get rich, or die tryin” (Fique rico ou morra tentando, em tradução livre), que a Forbes estimou com um patrimônio líquido de US$ 155 milhões em 2015, e que até tem uma alusão ao dinheiro em seu próprio nome artístico poderia chegar ao ponto de... declarar falência.

Curtis James Jackson III, o 50 Cent, de 40 anos, alegou estar falido, com dívidas e contas a pagar que podem chegar a US$ 50 milhões na última segunda-feira (13). A informação, segundo o Wall Street Journal, está em documentos judiciais apresentados na Corte de Falências dos EUA.

E a resposta para a sua pergunta é: os números foram divulgados pela imprensa americana dias depois que um júri decidiu que 50 Cent deve pagar US$ 5 milhões para uma mulher. O rapper foi acusado por ela de publicar um vídeo íntimo em 2009, com comentários pejorativos, sem a permissão dela.

Cinco dias antes, o rapper tinha sido destaque no The New York Times por seus instintos como homem de negócios.

Estratégia?

E o fato de declarar falência parece ter sido completamente estratégico. Em entrevista ao E! News, o rapper disse que estava tomando as providências cabíveis que "qualquer bom empresário" tomaria -- e que seus fãs não precisam se preocupar:

"Isso significa que você está reorganizando suas finanças, mas não impede que as coisas que estão envolvendo você parem de acontecer e impeçam de seguir em frente. Eu tenho uma equipe jurídica decente. Vocês não tem com o que se preocupar."

À agência Reuters, o artista de 40 anos nascido em Nova York chamou o processo voluntário apresentado num tribunal de falências de Connecticut de um "movimento estratégico de negócios", que não afetará os fãs. "Eles não vão ver os ajustes... Sou claro sobre o meu objetivo e não vou me permitir desmoronar com base em pequenas coisas", disse 50 Cent à agência Reuters em Los Angeles ao promover seu próximo filme, "Southpaw".

Um porta-voz do escritório de advocacia que está representando o artista disse em uma declaração à CNN que 50 Cent entrou com pedido falência "para continuar o seu envolvimento com vários interesses comerciais e continuar seu trabalho como artista, enquanto faz uma reorganização de seu assuntos financeiros. O porta-voz acrescentou que os interesses comerciais dele não serão afetados durante o processo de falência.

(Com informações da Reuters)