NOTÍCIAS
07/07/2015 16:28 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:38 -02

Aécio Neves se confunde em entrevista à rádio e diz que foi reeleito 'presidente da República'

Estadão Conteúdo

Em entrevista ao programa Timeline da Rádio Gaúcha, o senador Aécio Neves (PSDB-MG), que comentava sobre sua reeleição como presidente do partido, se confundiu e disse que foi reeleito "presidente da República". Aécio comentou a entrevista da presidente Dilma Rousseff para a Folha de S.Paulo e a proximidade do partido com o PMDB.

Quando falava sobre a possibilidade de impeachment da presidente Dilma, o tucano afirmou:

"O impeachment pressupõe um fato jurídico concreto. Pode acontecer? Pode, e ele independe das oposições. Como pode também não acontecer. O que nós dissemos na nossa convenção que me reelegeu, neste domingo, presidente da república é que o PSDB é um partido pronto para qualquer saído, inclusive a permanência da presidente da República"

Os apresentadores riram e, ao alertá-lo, perguntaram se ele é "obviamente o candidato do PSDB para 2018". O tucano se corrigiu, disse que não deve antecipar cenários e que não se sabe nem "se a eleição vai ocorrer em 2018". Depois elogiou o quadro do PSDB com os nomes de Geraldo Alckmin e José Serra.

Antes disso, o senador comentou que a fala de Dilma à Folha de S.Paulo "chega a ser patética" e que "mostra uma presidente acoada". Na entrevista, a presidente se defendeu de diversos ataques da oposição e enfatizou que seu governo "não vai cair".

Quando perguntado se "o PMDB está indo para os braços do PSDB", Aécio Neves riu e disse "existem vários PMDB dentro de um só". Ele explicou que alguns setores do PMDB começam a avaliar um cenário sem a presidente da república, e que isso acontece também em até alguns setores do PT.