COMPORTAMENTO
07/07/2015 15:23 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:38 -02

5 pontos positivos para começar a usar o coletor menstrual

Ele virou assunto dos mais comentados na internet, angariou fãs, ganhou até tutoriais em vídeo e despertou o nojinho de muita gente! As brasileiras pioneiras no assunto descobriram o mooncup há cerca de quatro anos, mas foi só em 2015 que o coletor menstrual ficou mais fácil de ser encontrado por aqui e suas vendas deram um salto. Veja os pontos positivos relacionados ao uso do produto:

1. É confortável e evita odores

Você não vai sentir nada se ele estiver na posição correta. A jornalista Marcella Chartier, 30 anos, de São Paulo, usa o coletor há mais de um ano e hoje nem se lembra de que está com ele. "É muito anatômico e não me sinto úmida nem noto aquele cheiro forte que fica no absorvente." O tal odor aparece quando o sangue entra em contato com o ar. "Como o coletor cria um vácuo, isso não acontece", explica a ginecologista Carolina Ambrogini, da Universidade Federal de São Paulo e nossa colunista.

2. Com a prática, não há vazamentos

"A maioria das mulheres não tem noção exata da menstruação, porque a quantidade não fica evidente no absorvente", diz a ginecologista Taísa Catania, de São Paulo. O segredo do sucesso é acertar na colocação. "No início pode haver vazamentos. Provavelmente, eles vão parecer com o começo do ciclo, quando você dá um pulo no banheiro para checar se ficou menstruada", diz Taísa. Na fase de teste, coloque um protetor diário na calcinha para prevenir acidentes.

3. É uma boa alternativa para as alérgicas

Coceira, espinhas e ardência são algumas das queixas de quem sofre em contato com absorventes. Para parte dessas mulheres, a versão interna é inviável. "Sempre dormia mal durante a menstruação: a minha pele ficava vermelha e irritada", conta a terapeuta ocupacional Bruna Taño, 30 anos, de São Paulo, que resolveu o perrengue ao optar pelo coletor.

4. Dá para praticar esportes e ter uma noite tranquila de sono

Com o coletor, você pode fazer atividade física e também dormir sem medo de manchar a roupa de cama. "Abria mão da ioga durante a menstruação", diz a chef de cozinha Mariana Pelozzio, 29 anos, de São Paulo. Ela corre, nada e não tolera absorventes internos tradicionais. "Senti que mudou a minha vida quando fui a uma aula menstruada e fiz todas as posturas sem desconforto nem vazamentos."

5. Inibe o surgimento de infecções

À primeira vista, usar algo que não é descartável dá certa insegurança. Mas Carolina Ambrogini garante que o coletor é mais do que seguro: você só tem que seguir direitinho as recomendações de higiene. "Ele precisa ser lavado com água e sabonete. Sem a limpeza correta, bactérias podem crescer e causar mau cheiro." Fabricantes como os do In Ciclo e Me Luna, os mais populares por aqui, ainda recomendam desinfetá-lo à moda antiga: ferva o seu durante cinco minutos depois que a menstruação acabar.

*Feito de silicone flexível, o copinho, para as íntimas, tem forma de sino e, introduzido como um absorvente interno, adere às paredes do canal vaginal e armazena o sangue menstrual. Além de eficiente, é econômico e ecológico: custa cerca de 80 reais, mas é reutilizável e, bem cuidado, pode durar até dez anos.