NOTÍCIAS
02/07/2015 17:26 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:38 -02

Tentar montar em animais selvagens é a nova modinha escrota do Youtube (VÍDEO)

A mais nova pessoa a montar em um animal selvagem está de calção de banho na proa de uma lancha em algum lugar do Canadá. Quando o veículo se aproxima do alce galopante, o homem salta com seu pálido corpanzil em direção ao animal; suas pernas se encaixam certinho nas costas do bicho, que resmunga alto. O animal luta para escapar enquanto o humano passa os braços em seu pescoço e comemora com um soquinho no ar. Seus amigos ao redor gargalham.

O vídeo já tem mais de um milhão de visualizações. (Algumas dessas visualizações, ainda bem, são de autoridades da Colúmbia Britânica que investigam o incidente.)

Não é um caso isolado. A tendência ganhou fôlego nos últimos tempos. Uma semana antes, outro vídeo que mostrava uma dupla de rapazes “surfando” nas costas de um tubarão baleia caiu nas graças da internet e incitou a fúria de ambientalistas. E não para por aí: pessoas estão botando seus traseiros sobre qualquer coisa exótica para mostrar aos amiguinhos de redes sociais: hipopótamos, ursos, avestruzes e até mesmo uma girafa de três meses de idade.

Uma pesquisa por imagens no Google com o termo “whale shark rider” retorna dezenas de imagens de gente se agarrando às barbatanas de tubarões. Na Flórida, lar da maior população de peixes-boi dos EUA, uma mulher foi presa em 2012 por montar em um dos animais. Essa “voltinha” violou a Lei de Preservação do Peixe-Boi e, se ela não tivesse pagado fiança, poderia ter ficado um bom tempinho na cadeia.