NOTÍCIAS
26/06/2015 20:26 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:34 -02

Obama emociona público ao cantar 'Amazing Grace' em funeral em Charleston

Reuters

O presidente dos Estados Unidos Barack Obama fez um discurso comovente durante o funeral do senador e pastor Clementa Pinckney, uma das vítimas do atentado racista na igreja em Charleston, na semana passada.

Pinckney e mais oito pessoas foram mortas por Dylann Roof, de 21 anos, quando abriu fogo dentro da Igreja Metodista Episcopal Africana Emanuel, em Charleston, no estado da Carolina do Sul.

Em seu discurso, Obama voltou a condenar o racismo nos Estados Unidos e abordou questão do controle de armas de fogo.

"Nós não sabemos se o assassino do Reverendo Pinckney e de outros oito sabia da história que acompanha a Mãe Emanuel. Mas ele certamente sentiu o significado de seu ato violento", disse o presidente de acordo com ABCNews.

"Foi um ato que conta com uma longa história de bombas e tiros disparados contra igrejas; não de forma aleatória, mas como um meio de controle, uma maneira de aterrorizar e oprimir", acrescentou.

O presidente encerrou seu discurso cantando o hino gospel "Amazing Grace", que costuma ser cantada em igrejas da comunidade negra. Depois, leu os nomes das nove vítimas para homenageá-las. Veja abaixo o vídeo: