NOTÍCIAS
10/06/2015 14:37 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:31 -02

Machismo e apologia ao estupro: Estudantes universitários do RJ usam página do Facebook para expor ofensas e preconceito

Montagem/iStock e Facebook

Era para ser só uma página de confraternização e um pouco de zoeira. Mas as discussões envolvendo estudantes universitários do Rio de Janeiro expuseram doses cavalares de preconceito, machismo, racismo, ofensas e até mesmo apologia ao estupro. A história foi primeiramente publicada pelo jornal Extra.

No feriado passado, a cidade de Vassouras (RJ) recebeu a quarta edição dos Jogos Universitários de Comunicação Social (JUCS). A competição esportiva, envolvendo estudantes universitários de várias instituições de ensino do Estado, teve muitas disputas acirradas e confraternizações sadias.

Mas na rede, os ânimos acirrados vistos nas arquibancadas – o que não é uma exclusividade de jogos esportivos universitários do Rio, se repetindo em outros Estados – chegou à uma página do JUCS no Facebook. E o resultado, sob a alegação de se tratar de ‘zoeira’, não é nada bom.

Não são poucas as postagens se referindo às alunas de universidades adversárias como ‘putas’ e outros impropérios. A quem tenta questionar a postura, não são poucas as ofensas.

Em um dos posts, que falava sobre a apologia ao estupro pregada abertamente nas arquibancadas por algumas pessoas, um estudante avisa: “Fazemos sim e no próximo vamos fazer pior #turmadoestupro”. O comentários já foi deletado do post e o aluno em questão, identificado pela reportagem do Brasil Post, já deletou a sua página – embora mantenha uma no Twitter.

"Torcida inteira da uva chamando jogadora de vôlei adversária de puta feia, piranha pra baixo. E Ibmec se auto...

Posted by Spotted: JUCS on Segunda, 8 de junho de 2015

Não é difícil ainda encontrar ainda postagens sexistas ou racistas.

"Esquece o snap,Deixa de bobagem,Manda nudes No wathaspp.."É sério, mandem mesmo por favor.."

Posted by Spotted: JUCS on Segunda, 8 de junho de 2015

"Meninos, parem de briga. No final so queremos isso mesmo, cagamos pra quem vai ganhar."

Posted by Spotted: JUCS on Terça, 2 de junho de 2015

"Vai tomar no cu, goleira do futsal da PUC. Gorda barraqueira foi parar no chão."

Posted by Spotted: JUCS on Segunda, 8 de junho de 2015

"A Puc é foda A Puc é fodaVem puquiano vem comer minha xoxota"

Posted by Spotted: JUCS on Segunda, 8 de junho de 2015

"Ridículo mesmo foi a torcida inteira da Puc cantando que a Cheer da UFF tinha cabelo de "bombril", "cabelo duro". Cada vez mais a música " na PUC só tem cuzão" faz sentido. Dá pena de vcs."

Posted by Spotted: JUCS on Segunda, 8 de junho de 2015

"Regras de convivência são sempre bem vindas."

Posted by Spotted: JUCS on Terça, 2 de junho de 2015

"Sobre as cheerleaders da ESPM:"

Posted by Spotted: JUCS on Terça, 9 de junho de 2015

"Hey, puc... Para de mandar a gente chupar o pau de vocês porque a gente não gosta de miserinha. Beijos da melhor torcida do JUCS"

Posted by Spotted: JUCS on Terça, 9 de junho de 2015

"jucs acabou mas a putaria nao pode parar #SOS"

Posted by Spotted: JUCS on Terça, 9 de junho de 2015

"Não é mole não, até meu cu tá sofrendo opressão!#NãoAoJucsModerno #BanNoCu #LiberdadeAoManoCu #Portalupismandaovídeo #CuOprimido #AltaPeriCUlosidade #querosabersetutambémpintaocu #CuAzul "

Posted by Spotted: JUCS on Domingo, 7 de junho de 2015

Após a repercussão do caso, um post na página pediu desculpas pela ‘minoria’ que fez apologia ao estupro.

"Aquele post dos estupradores do ibmec só prejudicaram aimensa maioria. Ppr favor, coloquem essa foto com.o #turmadorespeito #pedimosdesculpaspor5imbecis #vassouraséamelhorcidade"

Posted by Spotted: JUCS on Quarta, 10 de junho de 2015

Ao jornal Extra, Rafael Cotta, representante da JC2 Esportes, empresa que organiza os JUCS, afirmou que nem ele, nem a empresa, compactuam com qualquer discriminação no evento e que, durante todas as competições, apenas um caso de racismo foi registrado e apurado (a investigação não constatou qualquer ofensa). A meta é conscientizar a todos em 2016.

“Nunca tinha tido nada nessa esfera, então ninguém se preocupou em fazer nada previamente. Sempre foi uma festa bonita, de integração. Durante o evento, chegaram alguns boatos, reclamações sobre xingamentos generalizados, coisa normal em torcida. Quando chega um registro formal de uma torcida com esse tipo de atitude, há a apuração dos fatos com a nossa comissão”, disse.

Na página da empresa no Facebook, uma mensagem elogiou as faculdades participantes e o nível das competições, além de garantir que todas as torcidas “torceram com respeito ao adversário, torceram pelos seus times e não contra as outras faculdades, torceram por amor as cores que vestiam e não contra aquelas que não as representavam”.

“As torcidas e as atléticas, ao contrário do que uns alegam, repudiaram toda e qualquer forma de preconceito, coibindo e proibindo qualquer manifestação neste sentido. E assim, continuarão a fazer junto com a JC2”, completou a mensagem.

De 04 a 07 de junho, na nossa querida Vassouras, ocorreram os Jogos Universitários de Comunicação Social, participaram...

Posted by JC2 Esportes on Quarta, 10 de junho de 2015