NOTÍCIAS
03/06/2015 22:57 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:19 -02

Documentário mostra conexão entre esportes radicais e a busca por liberdade

O diretor Jon Long (um cara que vem trabalhando com filmes de esportes desde o fim dos anos 80) arranjou uma desculpa muito boa para mostrar imagens acachapantes de gente maluca fazendo coisas quase impossíveis. Seu novo documentário, The Search for Freedom, não é só mais uma compilação de esportes radicais.

O filme segue uma linha cronológica que acompanha tanto a evolução dos esportes abordados, da concepção à popularização, à maneira como essas atividades funcionam como uma válvula de escape para se atingir uma liberdade primária, aquela que os seres humanos vêm buscando desde que aprenderam a ficar de pé. Ao menos é a explicação dada na página oficial do filme.

O trailer não entrega muito essa parte humana, mas capricha na “radical”: The Search for Freedom é o tipo de documentário que precisa de uma tela gigante para ser apreciado ao máximo. As câmeras captam imagens dos lugares mais inusitados e registram manobras aparentemente impossíveis de fazer sem cair direto numa cova.

Abordando esportes como surf, skate, windsurf, esqui, alpinismo e outros que jogam o valor de uma apólice de seguro de vida pro alto, o filme entrevista profissionais de peso – como Tony Hawk, Kelly Slater, Ron Kauk, Kelia Moniz e outros – para tentar explicar a liberdade que situações extremas provocam.

A estreia nos Estados Unidos é dia 10 de junho, mas ainda não tem data de chegada no Brasil.

LEIA MAIS:

- 'Medo é fundamental. Vem com medo mesmo!'

- ASSISTA: Jet Boat chega ao Brasil para redefinir o conceito de adrenalina

- Eles quebraram um novo recorde mundial e vão acabar com o seu fôlego