ENTRETENIMENTO
03/06/2015 17:02 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:19 -02

40 anos de Chicago: Conheça 7 fatos que vão fazer você se apaixonar pelo musical

Divulgação

No dia 3 de junho de 1975 o musical Chicago teve sua estréia na Broadway. Sim. Muito antes de Catherine Zeta-Jones encantar a todos com o cabelo chanel, Chicago já coletava anos de história no teatro com altos e baixos que fizeram o espetáculo entrar para a história.

O musical foi baseado em uma peça de teatro escrita pela jornalista Maurine Dallas Watkins. Ela foi escalada para cobrir os julgamentos das acusadas de assassinato nos anos 20: Beulah Annan e Belva Gaertner -- e daí saiu a inspiração para contar a história de Velma Kelly e Roxie Hart, mas com muito mais sarcasmo.

No musical, Velma Kelly e Roxie Hart são duas dançarinas de boates que cometem assassinatos diferentes. Surpreendentemente, ao invés de atrapalhar a carreira das duas, o crime faz a fama de ambas crescer, fazendo as duas competirem por mais atenção -- tanto dos jornais quanto do melhor advogado no ramo que nunca perdeu nenhum caso, Billy Flyyn.

Conheça alguns fatos curiosos sobre esse show:

1. O enredo faz críticas muito atuais ao jornalismo e ao sistema judiciário

Por trás de toda sensualidade e músicas dançantes, o enredo é uma crítica ao sistema jurídico e à mídia quando o assunto é celebridades. É uma grande sátira àquela história de “nada que um bom advogado não re$olva” e ainda tirar uma lasquinha de proveito da situação com a fama. Exemplos não faltam...

O advogado Billy Flyyn manipulando o que Roxie Hart deveria dizer à mídia após o assassinato

2. Fez e ainda faz MUITO sucesso!

Segundo site do musical, contando os revivals e adaptações, Chicago foi premiado com 6 Tony Awards, 2 Olivier Awards e um Grammy. Uau!

3. O filme é tão incrível quanto o musical

Lançado em 2002, o filme ficou impossível de colocar defeitos. Com Catherine Zeta-Jones, Renée Zellweger, Richard Gere, e Queen Latifah não há fórmula que dê errado. O longa ganhou seis Oscar, incluindo a categoria Melhor Filme. No mesmo ano também levou para casa três Golden Globes – um deles, mais uma vez de melhor filme em comédia/musical.

4 – Cantores e atores famosos e que você conhece já participaram

O musical não tem paciência com quem está começando, e já contou com a participação de figuras icônicas para compor o elenco no teatro. Apenas alguns exemplos: Patrick Swayze, Samantha Harris, Usher, Brian McKnight e Liza Minelli.

Patrick Swayze, em 2003

5. A melhor cena de tango de todos os tempos

O "Cell Block Tango" é provavelmente uma das cenas mais ovacionadas pela audiência de Chicago. Nela, as presidiárias querem justificar os assassinatos que cometeram. A popularidade é tanta que o tango já ganhou vááárias adaptações, uma melhor do que a outra. No Broadway Backwards, foi apresentada uma versão masculina, a série Glee também já fez sua versão e ainda existe uma paródia das rappers do momento. Olha só essa de vilões da Disney:

6. As muitas vozes de "All That Jazz"

"All That Jazz" é a primeira música do espetáculo e é cantada pela personagem Velma Kelly, onde ela mostra todo o seu talento de dançarina e sedutora. É a música mais emblemática do musical já foi interpretada por mulheres incríveis! Liza Minelli, Lea Michelle e Chita Rivera são apenas algumas delas. Nesse compilado dá para ter uma ideia:

7. O musical já viajou o mundo

Mesmo! México, Rússia, Chile, Japão, Peru, Alemanha, África do Sul e, claro, Brasil -- entre outros países. Aqui, a adaptação aconteceu em 2002 e quem estrelou foi Danielle Winits (Velma Kelly), Adriana Garambone (Roxie Hart), Daniel Boaventura (Billy Flynn). Dá para assistir na íntegra no Youtube: