COMPORTAMENTO
26/05/2015 12:36 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:12 -02

Folha de S. Paulo: O amor e o ódio pelos livros de colorir no mercado editorial nacional

iStock

Com o "boom" dos livros de colorir, o mercado editorial expandiu. 11 dos 20 na lista de mais vendidos são livros de colorir para adultos. "Jardim Secreto" já está com 750 mil cópias em seis meses de venda. Mas a discórdia sobre o ranking é ácida, já que algumas pessoas preferem colorir a ler -- e comprar um livro, por exemplo, de Machado de Assis. Em entrevista à Folha, Pedro Herz, diretor-presidente da Livraria Cultura, critia o que chama de "moda passageira" e ironiza: "Oxalá mude. Amanhã será livro de sudoku. Passatempo um pouco mais inteligente, não?"