NOTÍCIAS
06/05/2015 18:18 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:02 -02

Em apenas um ano, Petrobras despenca 386 posições em ranking das maiores empresas da Forbes

Tânia Rego/Agência Brasil

A Petrobras caiu 386 posições no ranking das maiores empresas do mundo, divulgado nesta quarta-feira (6) pela revista americana Forbes. Em apenas um ano, a estatal foi da maior empresa do Brasil, na 30ª posição mundial em 2014, para a 416ª colocação, atrás de três bancos brasileiros e da Vale.

A "derrocada" da petroleira foi um dos destaques da lista deste ano. Segundo a revista, os escândalos de corrupção que envolvem a empresa, deflagrados pela Operação Lava Jato, a queda livre das cotações do petróleo e o prejuízo coma defasagem dos preços da gasolina fizeram com que o valor de mercado da estatal caísse pela metade, passando de US$ 86,8 bilhões, avaliados em 2014, para US$ 44,4 bilhões, em 2015.

No ranking de 2013, a companhia ficou em 20º lugar. Em 2012, a gigante brasileira de petróleo aparecia no 10º lugar.

O Itaú Unibanco se tornou a maior empresa do Brasil, na 42ª posição, seguido pelo Banco Bradesco, na 61ª posição, e pelo Banco do Brasil, no 133º lugar. A Vale na 413ª colocação. O número de empresas brasileiras caiu de 25 para 24.

O destaque da lista deste ano foi a China, liderando as quatro primeiras colocações do renomado ranking. O banco chinês ICBC, a companhia mais valiosa do mundo, foi avaliado em US$ 278,3 bilhões, seguido pelo China Construction Bank, Agricultural Bank of China e Bank of China.

A lista, com 2.000 companhias, é baseada no valor de mercado das empresas, assim como seus ativos. Clique aqui para ver a lista completa.