NOTÍCIAS
06/05/2015 00:20 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:02 -02

Galáxia recém-descoberta é a mais distante conhecida até hoje

Associated Press

Astrônomos descobriram uma galáxia bebê azul que está muito mais distante no tempo e no espaço do que qualquer outra galáxia já conhecida. Ela pertence à primeira geração de galáxias do universo, com cerca de 13,1 bilhões de anos.

Cientistas de Yale e da Universidade da Califórnia Santa Cruz usaram três telescópios diferentes para ver e calcular a idade da galáxia azulada. Medindo as mudanças da luz, eles determinaram que a galáxia, batizada de EGS-zs8-1, nasceu apenas 670 milhões de anos após o Big Bang.

Uma vez que os astrônomos fizeram suas observações a partir da Terra, eles também estão olhando para trás no tempo, assim, essa é ao mesmo tempo a galáxia mais distante tanto no tempo quanto no espaço.

A nova descoberta derruba o último recorde por 30 milhões de anos, o que não é muito, mas foi difícil de conseguir, segundo o astrônomo Garth Illingworth, da Universidade da Califórnia, co-autor da pesquisa que anunciou a descoberta.

Até mesmo a NASA comemorou a descoberta.

A foto que eles tiraram é de um período crucial no início do universo, depois do que eles chamara de Dark Age, quando as galáxias e estrelas estavam começando a se formar e o universo tinha apenas um quingentésimo da massa que tem hoje.

A imagem desta galáxia - maior que as outras do mesmo período, por isso pode ser visualizada com o telescópio - provavelmente correspnde á epoca na qual ela estava com apenas 100 milhões de anos, afirmou Illingworth.

"Estamos olhando uma galáxia em sua infância, crescendo rapidamente", disse. A galáxia estava criando estrelas 80 vezes mais rápido que a Via Láctea cria atualmente. "Esses objeto não pareceriam em nada com o nosso sol. Seria muito mais azuis".

O astrônomo Pascal Oesch, de Yale, estava olhando para imagens de 2013 feitas pelo Telescópio Hubble quando viu um objeto brilhante. Então, ele usou o telescópio espacial Spitzer para ver novamente. O trabalho mais duro foi para confirmar a idade e a distância, utilizando o observatório terrestre de Keck, no Havaí.

LEIA MAIS:

- 5 coisas que nunca teríamos aprendido sobre o Universo sem o Hubble

- Qual o tamanho de um ET? Estudo indica que eles podem ser ENORMES...

- Segredo sobre origem da lua é finalmente revelado