COMPORTAMENTO
04/05/2015 22:28 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:02 -02

'Prostituta' está no topo das pesquisas de preços pelo Google no Brasil

iStock

Quando se faz uma pesquisa no Google, o algoritmo do mecanismo de buscas identifica automaticamente as palavras utilizadas e faz sugestões com as buscas similares mais populares. O site Fixr fez um experimento com essa ferramenta e descobriu que, em inglês, o preço de uma prostitua era a principal busca no Brasil.

Para chegar a essa conclusão, o autor da pesquisa digitou a frase "How much does * cost in [x country]", que significa "Quando custa * em [país x]", e fez o teste com o nome de cada um dos países do planeta. Logo abaixo o Google indicava o termo mais procurado no lugar do asterisco.

O experimento só leva em conta as pesquisas feitas em inglês e provavelmente foi influenciado pelo fato de ter sido executado nos Estados Unidos. Ainda assim, alguns resultados são interessantes, outros, preocupantes.

Na Rússia as principais buscas são "para voar com um MIG" (avião soviético), uma vez que há empresas oferecendo serviços turísticos com as velharias militares da União Soviética. Em alguns países da África, as palavra "vaca", "petróleo" e "camelo", então entre as mais pesquisadas dentro da fórmula utilizada.

Já na Mauritânia o resultado não tem nada de engraçado ou curioso: o termo mais buscado é o preço de um escravo. No Irã as buscas de preços são focadas em rins humanos.

Nos Estados Unidos a palavra mais buscada é "patente" enquanto no Canadá se pesquisa o preço do passaporte.

Os eletrônicos lideram nas pesquisas sobre a China, rinoplastia (plástica de nariz) é o termo mais pesquisado na Coréia do Sul. "Prostituta" também aparece em países asiáticos como Tailândia, Laos e Camboja.

Termos mais buscados na América Latina incluem "custo de vida" no Peru e Bolívia, além da cerveja na Argentina.

LEIA MAIS:

- Minha luta pela sobrevivência como um jovem sem-teto

- Este homem de 60 anos É PAGO para transar com prostitutas na Austrália

- 'Uma Linda Mulher' e a terrível verdade sobre a prostituição