NOTÍCIAS
04/05/2015 16:24 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:02 -02

Ministro nega epidemia de dengue e diz que há 'elevação' de casos

Montagem/Estadão Conteúdo

Apesar dos dados sinalizarem uma epidemia de dengue no País, o ministro da Saúde, Arthur Chioro, disse nesta segunda-feira (4) que o que há é uma elevação no total de casos.

Segundo o G1, o ministro fez uma ponderação sobre o conceito de epidemia. De acordo com Chioro, a análise pode ser feita pela série histórica ou pelo retrato do momento.

“Em relação a 2014, nós temos elevação em praticamente todo o país. Mas quando a gente trabalha com conceito de epidemia, nós temos duas possibilidades: ou a gente vê a série histórica e a comparação por um longo período, uma série de eventos ano a ano que nos permite ver a incidência da doença, ou adotamos o parâmetro da OMS, que considera comportamento epidêmico quando o número de casos tem incidência de 300 casos para cada 100 mil habitantes."

Para a Organização Mundial de Saúde (OMS), a classificação mínima de epidemia é indicada pela incidência de 300 casos para o grupo de 100 mil pessoas. No Brasil, há 367,8 casos para 100 mil habitantes.

Dados do ministério, divulgados nesta segunda-feira, mostram que o País está em intensa epidemia neste ano. Até o último dia 18, foram notificados 745,9 mil casos, com 229 mortes. Só em São Paulo, a dengue matou 169 pessoas - 73% do total. Um recorde desde 1990, quando a série histórica foi iniciada.

LEIA TAMBÉM

- Cinco pessoas contraem dengue por minuto no Brasil

- Estados Unidos alertam viajantes sobre epidemia de dengue no Brasil