NOTÍCIAS
03/05/2015 19:20 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:02 -02

Campeonato Gaúcho: Inter vence Grêmio e conquista do pentacampeonato

PEDRO H. TESCH/ELEVEN/ESTADÃO CONTEÚDO

O Internacional é pentacampeão gaúcho. A vitória sobre o arquirrival Grêmio foi digna de uma decisão do Campeonato Gaúcho. Ânimos acirrados, faltas duras e grandes momentos de um bom futebol. O placar de 2 a 1 resumiu a trajetória do Inter no campeonato deste ano. A equipe, que terminou a primeira fase como líder e teve a melhor campanha até a final, mostrou a força dentro de casa para conquistar mais um título gaúcho.

Com força máxima contra seu principal rival, o Inter iniciou o duelo imprimindo um ritmo forte na partida decisiva. E o gol chegou cedo, logo aos 6 minutos. Em um rápido contra-ataque, D'Alessandro encontrou Nilmar, que tocou para Valdívia dentro da área. O meia se livrou do zagueiro e devolveu para Nilmar, que tocou sobre o goleiro Marcelo Grohe.

A vantagem trouxe mais confiança para os mandantes. E o Inter ampliou aos 18 minutos em uma falha da defesa gremista. O volante Fellipe Bastos estava sozinho, no meio campo, e atrasou uma bola fraca para a zaga. Nilmar correu mais rápido e roubou a bola. Em velocidade, o atacante avançou para a área gremista e tocou para o lado, encontrando Valdívia, sozinho, que completou para as redes, ampliando o placar.

Depois de marcar o segundo gol, o time da casa pisou no freio, dando espaço para o rival. No final do primeiro tempo, o Grêmio descontou. Aos 47, em cobrança de falta, Douglas levantou para Rhodolfo, que mandou para o gol. Alisson espalmou, mas a bola sobrou para o meia Giuliano, que não perdoou.

Na volta para o segundo tempo, a partida parecia mais equilibrada. Ao longo da etapa complementar, o Inter foi diminuindo o ritmo, controlando mais a bola e deixando o tempo passar. O Grêmio avançava em busca do empate, mas sem organizar de forma mais efetiva as jogadas de ataque.

Como jogava em casa, o Inter também conseguiu se manter no ataque. Aos 43, o gremista Rhodolfo foi expulso sem receber cartão amarelo. O zagueiro fez uma violenta falta em Eduardo Sasha para barrar o contra-ataque adversário. Com um a menos, as chances do Grêmio se reduziram ainda mais. Aos 50 minutos, o juiz Leandro Vuaden apitou o fim da partida e o Inter foi consagrado campeão.

No final da partida, parte da torcida do Grêmio quebrou cadeiras do estádio Beira-Rio e as lançou contra torcedores do Inter. Uma bomba caseira chegou a ser atirada pelos gremistas, mas a polícia controlou logo depois a situação.