NOTÍCIAS
24/04/2015 22:20 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:02 -02

Esta brasileira ganhou uma bolsa da Nasa depois de propor solução para a crise hídrica

Divulgaão/Fiap

Ela teve uma ideia, acreditou nela e ganhou uma bolsa para estudar em uma universidade que fica dentro da Nasa.

A empreendedora Mariana Vasconcelos, de apenas 23 anos, criou um sistema chamado Agrosmart, que permite que agricultores saibam a umidade exata da terra por meio um aplicativo para smartphones. Assim, eles podem medir a quantidade de água exata necessária para cada cultivo.

De acordo com Mariana, que se formou pela Universidade Federal de Itajubá (Unifei), a economia de água pode chegar a 70%.

Hoje, o agronegócio é apontado como um dos grandes vilões da crise hídrica. De acordo com dados da ONU, cerca de 70% do consumo mundial de água vai para a agricultura. Mas metade dessa água é desperdiçada, devido à evaporação.

O projeto venceu 562 finalistas de um concurso chamado Call to Inovation 2015, e rendeu a Mariana uma bolsa de estudos de US$ 30.000 para a Singularity University, instituição voltada para a inovação que fica instalada dentro de uma base da Nasa no Vale do Silício, na Califórnia.

O Agrosmart já havia vencido o Startup Weekend, festival de startups organizado anualmente no Brasil, e já foi selecionado pelo programa Start-Up Brasil, do governo federal.

Mariana embarca para os Estados Unidos em junho, e ficará por lá durante 10 semanas. Boa sorte :D

LEIA MAIS

- Aulas de maquiagem ajudam mulheres em tratamento de câncer a recuperar autoestima

- Faça você mesmo: 7 formas de fazer política que estão ao seu alcance e podem mudar a sociedade