NOTÍCIAS
17/04/2015 18:02 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:52 -02

Lojas são incendiadas em Joanesburgo; onda de xenofobia assusta imigrantes na África do Sul (FOTOS)

AP Photo

Lojas de imigrantes foram atacadas e saqueadas em Joanesburgo, uma das principais cidades da África do Sul. O incidente faz parte de uma onda de xenofobia que atinge o país: pelo menos seispessoas foram mortas e centenas foram presas.

De acordo com a CNN, três sul africanos e dois estrangeiros estão entre os mortos.

A polícia formou uma barreira entre os manifestantes e as lojas, para evitar maiores danos. A polícia usou gás lacrimogêneo para dispersar os manifestantes e prendeu pelo menos 12 pessoas.

Segundo a BBC, pelo menos 200 estrangeiros se refugiaram em um posto policial.

Um grupo de imigrantes armado com machados também foi dispersado.

Na quinta-feira (16), o presidente Jacob Zuma pediu o fim da violência e afirmou que a polícia está trabalhando para controlar a situação. Estrangeiros, no entanto, acusam as autoridades de falhar em protegê-los.

"Nenhum nível de frustração ou raiva justifica os ataques contra cidadãos estrangeiros e o saque de suas lojas. Condenamos veementemente a violência e os ataques, que contrariam todos os valores incorporados pela África do Sul"

Em Durban, importante cidade no litoral do país, pelo menos 5.000 estrangeiros tiveram que deixar suas casas no começo da semana. Alguns países já estudam retirar seus cidadãos da África do Sul.

Centenas de milhares de estrangeiros, a maioria de outros países do continente e da Ásia, se mudaram para o país desde o fim do Apartheid, em 1994. Com cerca de 50 milhões de habitantes, a África do Sul é lar para cerca de 5 milhões de estrangeiros.

A maioria das ondas de violência contra estrangeiros é causada porque alguns sul-africanos alegam que seus empregos são roubados. A taxa de desemprego no país é de 24%.

  • AP Photo/Denis Farrell
    Imigrantes fazem fila para pegar pão em centro de acolhimento em Joanesburgo
  • AP Photo/Themba Hadebe
    Manifestantes protestam do lado de fora de hotel onde imigrantes se refugiaram
  • AP Photo/Themba Hadebe
    Polícia usa armas contra manifestantes anti-imigrantes na África do Sul
  • AP Photo
    Homem armado com machadinha corre em direção aos fotógrafos
  • AP Photo/Denis Farrell
    Criança na fila para pegar mantimentos
  • AP Photo
    Veículo queimado durante protestos na África do Sul