NOTÍCIAS
16/04/2015 18:38 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:52 -02

10 lições de Steve Jobs para alcançar o sucesso

Steve Jobs deixou um amplo legado para as futuras gerações. E não se trata apenas da Apple e toda a inovação que surgiu com a empresa. Jobs, por meio de seu trabalho e genialidade, serve como inspiração para muitas pessoas que querem se superar, no campo intelectual e no profissional. Veja dez lições do criador da Apple para alcançar o sucesso:

  • Assuma riscos
    Assuma riscos
    Getty Images
    Na maior parte do tempo, temos de assumir riscos para conseguir seguir adiante. As oportunidades não aparecem enquanto estamos em nossa zona de conforto.
  • Fique rodeado de pessoas geniais
    Fique rodeado de pessoas geniais
    Getty Images
    Steve Jobs não estava cercado apenas de um sócio genial. Ele também ajudou a formar pessoas que, mais tarde, admitiu serem até melhores que ele. Entre eles estão Tim Cook, Johny Ive, e John Lasseter. Cook, inclusive, acabou substituindo Jobs quando sua doença já estava avançada.
  • Não se esqueça de que você vai morrer um dia
    Não se esqueça de que você vai morrer um dia
    Getty Images
    No mesmo discurso em Stanford, Jobs lembrou a importância da consciência da morte na tomada de decisões. “Lembrar-me de que vou morrer logo é a ferramenta mais importante que encontrei para me ajudar na tomada de decisões. Porque tudo, todas as expectativas externas, todo o orgulho, o medo do ridículo e do fracasso, tudo isso desaparece com a morte. Ficamos apenas com o que é verdadeiramente importante".
  • Aprenda com os outros
    Aprenda com os outros
    Getty Images
    No colégio, Jobs viu palestras de uma empresa de tecnologia chamada Hewlett-Packard. Antes de fazer 21 anos, havia trabalhado tanto para a HP quanto para o Atari. Jobs viu o que as empresas estavam fazendo e os erros que cometiam para não repeti-los na Apple.
  • Obstáculos são oportunidades disfarçadas
    Obstáculos são oportunidades disfarçadas
    Getty Images
    Jobs e Wozniak ficaram sem dinheiro durante o desenvolvimento do primeiro Apple. Em vez de desistir, Jobs vendeu sua caminhonete e seu sócio se desfez de sua calculadora científica para conseguir algum capital. No fim, não é possível dizer que o esforço não valeu a pena.
  • Aprenda a antecipar o futuro
    Aprenda a antecipar o futuro
    Getty Images
    A Apple cresceu porque soube antecipar-se às tendências e criar necessidade para seus produtos. A capacidade de antecipar o futuro é muito importante se o objetivo é superar metas e, sobretudo, atingir bons resultados financeiros. A Apple revolucionou a indústria da música com o iPod e a de telefonia, com o iPhone. Com seu marketing e design únicos, soube transformar produtos inovadores em necessidade de consumo.
  • Concentre-se no que é positivo
    Concentre-se no que é positivo
    Getty Images
    Steve Jobs se manteve sempre centrado no positivo. Sua vida profissional foi cheia de altos e baixos. Afinal, em 1984, ele chegou a ser tirado da própria empresa que ajudou a fundar e deu a volta por cima, retornando à presidência e transformando a Apple na maior empresa do mundo em valor de mercado. A dinâmica nas empresas nem sempre abre espaço para boas notícias, mas é importante encarar os acontecimentos com um olhar otimista sobre o futuro.
  • Se falhar, siga adiante
    Se falhar, siga adiante
    Getty Images
    O fracasso chega a todos. Mas a forma como lidamos com ele é o que nos diferencia. Em um discurso aos alunos de Stanford, Jobs falou sobre como se sentiu ao ser demitido da Apple: “Eu não havia percebido naquela época, mas minha demissão foi a melhor coisa que poderia ter me acontecido. A sensação pesada do sucesso foi substituída pela leveza de ser um principiante outra vez, menos seguro das coisas. Me libertou para entrar num dos períodos mais criativos da minha vida", disse. O que a história de Jobs nos mostra é que é preciso encarar o fracasso como uma oportunidade de aprender e melhorar.
  • Encontre o sócio adequado
    Encontre o sócio adequado
    Getty Images
    Steve Jobs não começou a Apple sozinho. Seu parceiro era Steve Wozniak, considerado gênio da computação à época, e que complementava suas habilidades de trabalho.
  • Viaje pelo mundo
    Viaje pelo mundo
    Getty Images
    No ano antes de fundar a Apple, Jobs foi para a Índia. Isso mudou completamente sua percepção de mundo e a forma como ele encarava sua carreira. Viajar não tem de, necessariamente, ser uma jornada cara e longa. É possível dar pequenas escapadas para perto e ter como resultado a chance de enxergar a vida de uma nova perspectiva.