COMPORTAMENTO
15/04/2015 23:31 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:52 -02

Divórcio pode aumentar risco de ataque cardíaco em até 77%. Entenda o porquê.

iStock

Você é divorciado? Então preste atenção no coração.

Pessoas que se divorciaram correm mais risco de sofrer ataques cardíacos do que pessoas casadas, revelou um estudo da Duke University.

Os pesquisadores acompanharam quase 16 mil pessoas durante 18 anos e concluíram que, especialmente para as mulheres, o divórcio pode ser um fator de risco tão alto quanto a pressão alta e o diabetes.

Mulheres que passaram por um divórcio têm 24% mais risco de sofrer enfartes.

Já entre as que se divorciaram mais de uma vez, o risco é 77% maior do que entre as casadas. O número é similar ao de hipertensos e diabéticos, cuja propensão de ter problemas cardíacos gira em torno de 73% e 81%, respectivamente.

Entre os homens, a diferença é mais modesta. Divorciados uma vez têm chances 10% maiores. Para duas vezes ou mais, o risco sobe para 30%.

Curiosamente, casar novamente diminui os riscos, mas só para os homens.

Por quê?

À BBC, a pesquisadora Linda George disse acreditar que o desgaste psicológico do divórcio leva a níveis mais altos de inflamação e aumenta os hormônios do estresse.

"A imunidade é prejudicada, e se isso continua por muitos anos realmente existe um preço fisiológico a se pagar", explicou.

Ela atribui a diferença entre os sexos à forma como homens e mulheres lidam com a separação. Segundo a pesquisadora, o divórcio pode ser "um fardo psicológico" mais pesado para a maior parte das mulheres.