NOTÍCIAS
13/04/2015 12:01 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:52 -02

Padre paulista já foi excomungado em 2014 por defender a mesma posição de Fábio de Melo sobre o casamento gay no Brasil

Montagem/Facebook

Com mais de 861 mil seguidores no Twitter, o padre Fábio de Melo usou a sua rede social para defender o casamento gay neste domingo (12). Em sete mensagens, o religioso – que é ídolo entre a comunidade católica do País – se posicionou sobre o polêmico tema.

A posição agradou alguns nomes da comunidade LGBT brasileira, como o deputado federal Jean Wyllys (PSol-RJ).

Parlamentar elogiou a postura do padre nas redes (Reprodução/Facebook)

Já nas redes, houve quem aprovasse a postura de Fábio de Melo...

... E também quem demonstrasse irritação – e alguma ironia – com as postagens dele.

Ciente da polêmica em torno da sua opinião, o padre deu uma resposta mais explicativa ao jornal O Globo.

“Nem tudo o que é religioso pode me espiritualizar, porque a religião é externa, nela cabem coisas como a hipocrisia. Na espiritualidade, não. Nos meus estudos de teologia, escolhi o caminho da antropologia, da filosofia. É salutar que a religião abra espaço para a dúvida. Isso pode soar um tanto herético num primeiro momento, o que já me fez sofrer críticas, mas decidi que as pessoas precisam ouvir isso, sobretudo num momento em que o discurso religioso passa por tanto descrédito. As pessoas têm que saber que o sagrado não se opõe ao profano, nem ao contrário”, disse.

No ano passado, o padre Roberto Francisco Daniel, conhecido como Padre Beto, acabou excomungado pela Diocese de Bauru, no interior de São Paulo. O motivo foi a defesa que ele fazia do casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Apesar da sugestão do Papa Francisco para que o assunto fosse discutido, a 3ª Assembleia Geral Extraordinária do Sínodo dos Bisposnão fez constar, em seu documento final divulgado em outubro de 2014, qualquer menção à união de pessoas do mesmo sexo. Segundo o cardeal-arcebispo do Rio de Janeiro, dom Orani João Tempesta, o tema será novamente discutido com mais profundidade na edição deste ano do encontro.

LEIA TAMBÉM

- Padre irlandês assume que é gay diante de fiéis – e a reação é surpreendente!

- Papa Francisco realiza casamento coletivo de casais que já moram juntos e têm filhos

- A história do padre transgênero que celebrou culto na Catedral Nacional de Washington

- Padre Marcelo Rossi: "Nunca vote em nenhuma pessoa religiosa"