NOTÍCIAS
13/04/2015 22:47 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:52 -02

Cachorros conseguem detectar câncer de próstata com mais de 90% de precisão

iStock

Aí está mais uma prova de que o cachorro é o melhor amigo do homem: uma pesquisa publicada no Journal of Urology sugere que cachorros bem treinados podem diagnosticar câncer a partir de amostras de urina com notável precisão.

Os pesquisadores treinaram dois pastores alemães fêmeas para detectar substâncias químicas ligadas ao câncer de próstata. Depois, o adestramento foi posto à prova: elas farejaram amostras de urina de 900 homens. Destes, 360 tinham câncer de próstata e 540 não.

Uma das cadelas acertou 98,7% dos casos. Já a outra acertou 97.6%.

Agora, os autores da pesquisa trabalham para aprimorar a técnica para um possível uso prático no futuro, de acordo com o Guardian.

Hoje, o consenso para diagnóstico de câncer de próstata é a combinação de toque retal e exame de PSA, seguidos de confirmação por biópsia.

Embora fazer o exame de PSA anualmente permita detectar a doença muito antes de ela começar a se manifestar, a precisão do exame evoluiu pouco desde sua introdução.

Cerca de 70% dos pacientes com PSA elevado que são submetidos a biópsia não têm câncer. Além disso, 20% dos pacientes de câncer de próstata têm níveis normais de PSA, revela o site Harvard Prostate Knowledge.

LEIA MAIS

- Cachorros que treinaram seus humanos (VÍDEO)

- Cachorros preferem carinho a elogios verbais

- 10 coisas que os donos fazem e os cachorros odeiam