NOTÍCIAS
12/04/2015 17:16 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:52 -02

Bolsonaro é tratado como celebridade em protesto de São Paulo

MARCIO RIBEIRO/SIGMAPRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Tratado como celebridade, o deputado Jair Bolsonaro circulou com dificuldade pela Avenida Paulista, entre os carros dos grupos de ideologia de extrema direita, como o Revoltados Online e SOS Forcas Armadas, tamanho era o assédio por fotos com os manifestantes. O deputado do Rio de Janeiro chegou a ser chamado de "presidente" por manifestantes que protestam em São Paulo neste domingo, 12.

Convocado do alto do carro de som do Revoltados pelo líder do movimento, Marcello Reis, o parlamentar discursou, precedido pela execução do Hino Nacional. "Mais do que lutar pelo 'Fora, Dilma', temos que lutar pela nossa liberdade. Não podemos deixar que ideologia de países que suprimem a liberdade individual se alastre pelo nosso País."

No discurso em que criticou o PT e defendeu o porte de armas, Bolsonaro, empolgado com a euforia do público, insinuou uma tentativa de se capitalizar para uma candidatura à Presidência. "Quero participar da política nacional em 2018. Não estou dizendo que sou candidato, mas quero participar do debate."