NOTÍCIAS
08/04/2015 20:05 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:45 -02

Cartunista advertido novamente pela Universal diz que não vai parar de fazer charges

Vitor Teixeira

A Igreja Universal do Reino de Deus voltou a advertir o cartunista Vitor Teixeira, que fez uma ilustração de um jovem do grupo “gladiadores do altar” atingindo uma mãe de santo com uma espada.

Por causa da charge, no mês passado, a igreja ameaçou entrar na Justiça contra Teixeira por meio de uma notificação extrajudicial. A medida acabou gerando tanta repercussão na mídia quanto a própria ilustração polêmica.

No último dia 25, Teixeira recebeu um novo e-mail do setor jurídico da igreja. No texto, a Universal afirma que “é necessário respeitar o direito de crença e liturgia protegido constitucionalmente” e diz que "continuará a resguardar seus direitos de terceiros que os violem”.

“Não me interessa saber o que o jurídico deles pensa. Se quiserem atuar, que atuem na Justiça, não com mais e-mails intimidadores”, afirma Teixeira, que diz estar juridicamente assessorado e ter recebido muito apoio após a repercussão do caso.

Perguntado se pretende continuar fazendo charges que critiquem a Universal, o cartunista diz que esse não é o foco, mas que se for preciso, sim, o fará.

“Quando for a ordem do dia, sim. Ou seja, se algum assunto cujo eles sejam o sujeito levantado pela mídia, por que eu deixaria de fazer? Sejam gladiadores, terreno ilícito pra templo ou relações escusas com parlamentares. Mas de forma alguma é o meu foco. Não sou o "cartunista que é contra a Universal". Meu trabalho atinge diversos outros temas”.