5 formas ajudar as crianças a dormir com tranquilidade

Pais sabem que vão sofrer com noites maldormidas durante o primeiro ano do bebê, mas, para alguns deles, a privação do sono não termina tão cedo.

Para muitas crianças, a mera menção da “hora de dormir” é suficiente para provocar um colapso de proporções épicas, seguido de horas de reclamação, enquanto os pais exaustos tentar convencê-las a deitar e fechar os olhos. Essas batalhas noturnas podem cobrar um preço alto de pais e crianças.

“Descobrimos que 82% dos pais com crianças em idade pré-escolar dizem que gostariam de mudar alguma coisa nos hábitos de sono de seus filhos, e que apenas 30 minutos de sono a mais por noite podem melhorar o comportamento e o humor das crianças”, dizem as terapeutas do sono Heather Turgeon e Julie Wright.

Diz o professor Russell Foster, responsável pela cadeira de Neurociência Circadiana e chefe do Instituto Circadiano de Sono e Neurociência da Universidade de Oxford: “O sono é o nosso comportamento de saúde mais importante”

"Ele afeta tudo, do nosso funcionamento no dia-a-dia à nossa saúde física e mental de longo prazo", disse Foster ao HuffPost UK Lifestyle.

É claro que todos nós precisamos dormir um pouco mais. Mas como?

Heather e Julie sabem muito bem que a falta de sono pode afetar não apenas bebês e crianças, mas também os pais. Por isso, pedimos a elas as cinco principais dicas para fazer as crianças dormirem sem criar confusão:

1. Desacelere

Se seu filho vai dormir às 19h30, a casa toda precisa desacelerar a partir das 18h30. Coloque um jazz, abaixe a luz -- a ideia é sinalizar para o seu filho que o sono está chegando.

Adultos também precisam desacelerar, e sugerimos manter a atmosfera calma e relaxada depois de seus filhos irem para a cama. Assim que seu corpo também entende que logo será hora de dormir.

2. Permita algum tempo livre

O estresse é um dos principais fatores que fazem com que adultos e crianças percam o sono.

O excesso de compromissos tornou-se parte importante de nossas vidas. Muitos pais e filhos se sentem exaustos depois de um dia cheio de atividades extra-escolares e lição de casa. Reduzir essas atividades e introduzir tempo livre ajuda a eliminar o estresse e estimula as crianças a desenvolver habilidades para se divertir sozinhas. Fazer isso antes de dormir ajudar as crianças a se tornarem regradas e as acalma – além de dar um respiro para os pais!

3. Saiba as necessidades de sono de cada membro da família

Muitas pessoas não têm idéia de quanto sono seus filhos e elas mesmas precisam a cada 24 horas. Utilize esse quadro como um guia prático:

Recém-nascidos (0-2 meses): 12-18 horas

Bebês (3-11 meses): 14-15 horas

Crianças (1-3 anos): 12-14 horas

Idade pré-escolar (3-5 anos): 11-13 horas

Crianças da escola primária (5-10 anos): 10-11 horas

Adolescentes (10-17 anos): 8,5-9,25 horas

Adultos: 7-9 horas

4. Desligue as telas

Recomendamos que as crianças fiquem longe da TV ou do iPad pelo menos uma hora antes de dormir. Esses aparelhos interrompem seus ritmos circadianos naturais e suprimem a liberação de melatonina, hormônio que ajuda a adormecer.

Isso também vale para os pais. Sabemos como é tentador resolver alguma pendência de trabalho, checar o e-mail ou o Twitter depois que as crianças foram para a cama, mas adote a regra de uma hora e você vai se surpreender com a diferença!

5. Faça um revezamento

Muitos pais (principalmente mães) nos dizem que são muito sensíveis a ruídos durante a noite e estão sempre prontos para pular da cama a qualquer momento. Infelizmente, é uma parte natural da paternidade para alguns de nós. Vivemos o tempo todo com a consciência de que nossos filhos possam precisar de nós (mesmo muito tempo depois de eles começarem a dormir bem). Isso deixa nossos cérebros muito ligados.

Recomendamos um revezamento noturno. Se o pai não estiver “de plantão”, pode usar tampões de ouvido para não acordar.

Para mais conselhos, confira o The Happy Sleeper: the science backed guide to helping your baby get a good night’s sleep – newborn to school age (dormir feliz: o guia científico para ajudar seu bebê a ter uma boa noite de sono – do recém-nascido ao de idade escolar, em tradução livre), de Heather Turgeon e Julie Wright.

Este artigo foi originalmente publicado pelo HuffPost US e traduzido do inglês.