NOTÍCIAS
30/03/2015 17:09 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:43 -02

Tidal: Jay Z lança serviço de streaming para concorrer com Spotify

Reprodução

Nesta segunda (30), às 18h, o rapper zilionário Jay Z lança uma nova ferramenta de streaming, o Tidal.

O serviço vai entrar no ringue já ocupado por nomes grandes, como Rdio, Spotify, Deezer e iTunes, e a briga promete ser boa.

Um dos indícios para acreditar nisso? O bombante vídeo publicitário do serviço, cheio de celebridades intergalácticas, que fez a hashtag #TIDALforALL ir para o topo dos trending topics:

TIDAL | #TIDALforALL

Louder than words. The revolution is coming. Turn up. #TIDALforALL

Posted by TIDAL on Segunda, 30 de março de 2015

Beyoncé, esposa do rapper, Kanye West, Rihanna, Jack White, Madonna, Coldplay, Arcade Fire e Daft Punk são só alguns dos nomes que apoiam o Tidal.

Pelo que parece, o serviço deve ir mais ao encontro dos interesses da classe artística. Hoje, o calcanhar de aquilos dos serviços de streaming é o baixo retorno que eles dão aos artistas.

Ao contrário das outras plataformas, o Tidal não terá uma modalidade gratuita. Ele será oferecido em dois preços: US$ 10, com qualidade de som padrão e playlists elaboradas por críticos de música, e US$ 20, com qualidade de som lossless, ou seja, sem perda de qualidade por causa da compressão do arquivo. Será possível, no entanto, testar o serviço por um mês.

Outra vantagem é a presença das músicas de Taylor Swift. Sim, você pode não gostar dela (eu também não gosto), mas ela é a maior vendedora de discos dos Estados Unidos hoje. E estava fora de todos os serviços de streaming após ter retirado seus discos do Spotify por falta de remuneração.

Por ora, o Tidal não será oferecido no Brasil, e não há previsão para a chegada do serviço ao país.

LEIA MAIS

- 10 playlists da redação para você ouvir no trabalho

- 11 dicas (simples) para você tirar o máximo proveito do Spotify

- 'Vale a pena ouvir de novo': ouça uma playlist com as melhores trilhas sonoras de novelas