NOTÍCIAS
28/03/2015 18:26 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:43 -02

Mãe de aluno ameaça matar diretora após desaparecimento em escola do Paraná (VÍDEO)

Um caso assustador de violência foi registrado em uma escola de Ponta Grossa, no interior do Paraná. Inconformada com o desaparecimento do filho, aluno da instituição, uma mãe tirou uma faca da bolsa e ameaçou matar a diretora da escola. O flagrante foi filmado por uma funcionária, que estava na sala onde aconteceu toda a discussão, que aconteceu no último dia 24.

“Se meu filho não aparecer, eu te mato!”, disse Cintia Ferreira da Silva, mãe do estudante de 9 anos, até aquele momento desaparecido. Ela ainda bate na mesa e derruba dois armários com material escolar. A mãe acabou presa pela Polícia Militar por ameaça, desacato e danos ao patrimônio público, segundo o jornal Gazeta do Povo

O desaparecimento do filho de Cintia e outro aluno, que tem problemas mentais, aconteceu na hora do recreio. Inconformada, a mãe foi até a diretoria e, segundo a versão dela, acabou ouvindo desaforos da diretora da escola. “Ela disse que o meu filho não era um bom aluno e que deveria desaparecer”, afirmou à reportagem da RPC TV.

Segundo o que foi apurado até o momento, os dois alunos do quarto ano saíram por uma abertura em uma grade ao redor da escola, fruto de vandalismo. As crianças foram encontradas por volta das 23h do mesmo dia, sujas e assustadas. De acordo com testemunhas, elas saíram da escola para brincar de bola e se perderam em um matagal.

A Secretaria Municipal de Educação de Ponta Grossa informou que a diretora foi afastada temporariamente, até o fim das investigações internas sobre o caso. A informação foi publicada pelo G1. Quanto à mãe que teve um surto de violência, ela já foi solta e garantiu que não se arrepende de nada. “Eu entrei e fui pra cima dela. Cadê a responsabilidade da escola? Não me arrependo nem um pouco”, comentou.

O advogado de Cintia afirmou que a faca estava na bolsa dela porque a mãe “tinha levado para afiar”, e não por premeditar uma ameaça contra a diretora da escola.

LEIA TAMBÉM

- 25 maneiras de como perguntar aos seus filhos 'Como foi a escola hoje?' sem perguntar 'como foi a escola hoje'

- Ensino médio estadual em SP melhora, mas está longe do 'adequado'

- ONU: Meninas de 70 países ainda são agredidas por querer estudar

- O mérito da escola que não educa