NOTÍCIAS
25/03/2015 21:33 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:42 -02

Em má fase, governo é acusado de 'transformar as coisas em derrota'

Montaem/Reprodução/Ammon Farris/Agência Câmara

O líder do PMDB na Câmara, Leonardo Picciani (RJ), definiu nesta quarta-feira (25) o mau momento do governo como uma maneira de olhar. Segundo ele, não é que as coisas estejam ruins, é que o "governo as transforma em derrota". É como se o governo tivesse o dom de fazer com que tudo se torne um problema.

De acordo com a Folha de S.Paulo, ele deu como exemplo a aprovação do projeto que permite a aplicação imediata da lei que alivia a dívida dos estados e municípios.

"O problema é que o governo é quem transforma as coisas em derrota. O que nós votamos ontem não foi derrota do governo. Nós votamos a lei do final do ano passado e pactuamos com o governo. A presidente sancionou a lei. Quem não quis cumprir a lei foi o ministro da Fazenda porque discordava da Lei."

Seguindo essa avaliação, o governo está com o toque de Midas ao contrário. Na mitologia grega, o que o Rei Midas tocava virava ouro. Então, quem tem o toque de Midas transforma as coisas em prósperas e eficientes. Nesse caso, ocorre o contrário e tudo se torna uma dificuldade.

O Palácio do Planalto e o PMDB têm esticado a corda para ver até onde o outro aguenta. Nas últimas semanas, entretanto, o governo tem sofrido duras derrotas no Congresso. Além da aprovação desse projeto, o governo tem enfrentado resistência da Câmara e do Senado na apreciação das medidas do pacote do ajuste fiscal.