NOTÍCIAS
19/03/2015 19:42 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:35 -02

Gabriel Medina faz vídeos para ensinar depilação corporal

O sucesso nos esportes traz consigo algumas responsabilidades inusitadas. Depois de se tornar o primeiro brasileiro campeão mundial de surfe no Havaí, Gabriel Medina foi convocado pela gigante dos cosméticos Procter & Gamble para fazer propaganda da nova linha Gillette Body, focada em depilação corporal masculina. O atleta já tem o costume de se depilar - e não apresenta nem um pelo no corpo - mas pelo vídeo acima, não estava muito confortável em reproduzir este momento íntimo para as câmeras.

A série de comerciais da Gillette mostra o jovem atleta se depilando em um banheiro. Ele aparenta estar bastante desconfortável com a situação e ainda fala seu texto de forma um tanto automática, sem naturalidade. Para finalizar o combo de problemas no roteiro da campanha, Medina repete os quatro passos da depilação nos últimos momentos de cada vídeo, como se passar uma lâmina no corpo fosse algo muito complexo.

O segmento do surfe não recebeu a propaganda de forma muito positiva, de acordo com o relato do blog Surf 100 Comentários. "Para ilustrar o que digo, você já viu algum anúncio de depilador feminino sendo usado na virilha por uma mulher de pernas abertas? Não! Sabe porque, é de mau gosto e agressivo! Ou seja desnecessário! Existem outras formas de mostrar o uso de um produto", comenta o autor do blog.

A depilação é algo comum em vários esportes, como o próprio surfe, o ciclismo e a natação. Porém, esse também é um momento íntimo e não tem nada de complexo. A maioria dos homens começa a fazer a barba ou mesmo se depilar ainda crianças, sem ajuda de ninguém. No máximo, o pai ou algum adulto próximo pode dar algumas dicas, como passar aquela loção pós-barba para melhorar a cicatrização de eventuais cortes.

Optar pela depilação não precisa ser um estigma para os homens. Às vezes pode ser associado à moda metrossexual, ou pode ser feito por pura praticidade. A questão é que a depilação é uma escolha pessoal e uma atividade íntima, que não precisa ser exposta para vender um produto que não tem nada de revolucionário, como um aparelho de barbear.

Um internauta português achou a campanha da Gillette tão despropositada que já fez até uma paródia, confira abaixo: