NOTÍCIAS
18/03/2015 18:10 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:13 -02

Vitamina D em excesso está associada a maiores níveis de mortalidade, revela estudo

iStock

Há tempos sabemos dos efeitos negativos que a falta de vitamina D causa para nossa saúde.

Com isso, muitas pessoas passaram a tomar suplementos a fim de atingir os níveis ideais da substância, criando um mercado enorme de vitamina D sintética.

No entanto, um novo estudo publicado no Journal of Endocrinology and Metabolism revela que tomar vitamina D em excesso pode ter o efeito inverso.

Após acompanharem quase 250 mil pessoas durante sete anos, eles encontraram uma conexão entre o excesso de vitamina D e as taxas de mortalidade dos pacientes.

"Se seu nível de vitamina D está abaixo de 50 ou acima de 100 nanomol por litro, há maior conexão com as mortes. Quando o nível está acima de 100, há maior risco de morrer por causa de derrames ou infarto. Em outras palavras, a vitamina D não pode ser nem muito alta, nem muito baixa", disse Peter Schwarz, líder do estudo e professor da Universidade de Copenhague.

De acordo com o médico, o nível ideal está em torno de 70 nanomol de vitamina D por litro de sangue.

Ou seja: antes de sair tomando suplementos loucamente, é melhor consultar um médico para saber se você REALMENTE precisa deles. Do contrário, o tiro pode sair pela culatra.

"Precisamos nos perguntar se devemos continuar tomando vitaminas e suplementos como se fossem doces. Não devemos simplesmente aumentar a dose para nos sentirmos melhor. É preciso acompanhamento", conclui Schwartz.

LEIA MAIS

- 11 razões para beber café todos os dias

- 10 fatos incríveis que você não sabia sobre os ruivos

- Nossos filhos precisam de Vitamina S