NOTÍCIAS
17/03/2015 17:01 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:13 -02

Deputado Marco Feliciano critica estreia e beijo gay em 'Babilônia', nova novela da Globo

Reprodução/Facebook/Reprodução/TV Globo

O primeiro capítulo da novela Babilônia, exibido noite da última segunda-feira (16), deu o que falar nas redes sociais: teve beijo lésbico, personagem ninfomaníaca e novas vilãs que renderam piadas e memes na internet. Mas parece que personalidades como o deputado Marco Feliciano não gostaram nada, nada do contexto de igualdade da novela - e resolveram expressar sua indignação também nas redes sociais. Ele disse em seu Facebook: "Não assisto novela. Como o nome é Babilônia, deixo a Bíblia falar por mim".

E, depois, Feliciano publicou esta selfie ~histórica~ ao lado de Levy Fidélix, que foi condenado por declaração homofóbica:

E, por último, publicou este texto:

E comemorou a volta de Carrossel e fez um ~viva à família brasileira~:

Segundo a coluna do jornalista Lauro Jardim, na Veja, o deputado disse:

"A Globo já demonstrou seu apadrinhamento ao movimento gay. Virou moda [...]. Vamos protestar contra o que o governo está fazendo contra os nossos filhos, de injetar dinheiro em mídias que são concessões públicas e essas mídias usarem ideologias que ferem o conceito judaico-cristão da família".

LEIA MAIS:

- Impasse divide Bancada Evangélica e Feliciano ataca Jean Wyllys

- Não é piada: Feliciano vê muitas semelhanças entre ele e Martin Luther King

- PT quer Jean Wyllys e Feliciano juntos na vice-presidência da Comissão de Direitos Humanos

- 'Meça seus tuítes pro pastor, parça'