MULHERES
17/03/2015 17:42 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:13 -02

Cinco ÓTIMOS motivos para promover a igualdade de gênero na sua empresa

iStock

A igualdade de gênero nas empresas ainda é um desafio grande no País. Apesar de ganharem o mercado e representarem 44% da força de trabalho brasileira, as mulheres ainda são minoria nos cargos de gerência e ganham bem menos que eles. Mas há empresas que trabalham para mudar esse panorama.

Companhias como Alcoa, ThoughtWorks Brasil e Vale já instauraram programas que promovem a equidade de gênero nas equipes, valorizando o talento e a capacidade da mulher. “O objetivo é fomentar o tema na empresa para mudar o cenário da mineração, área identificada como predominantemente masculina”, explica Hanna Meirelles, gerente de Educação e Gestão de Talentos da Vale.

Ela cita cinco motivos para todos os empresários começarem também a promover a equidade de gênero na sua empresa, veja:

1 – Empresas com maior diversidade apresentam melhor desempenho

Segundo Hanna, estudos mostram que empresas com maior diversificação de gênero entre os gestores apresentam melhor desempenho econômico. Um levantamento realizado pela consultoria McKinsey apontou que entre 73 empresas pesquisadas entre 2003 e 2005 as que tinham equipes mais diversificadas apresentaram desempenho 48% maior que o da média do grupo.

Além disso, 93% das 500 empresas do ranking da revista Fortune dizem que a diversidade é um fator chave para o negócio.

2 – O compromisso com a equidade impacta na atração, retenção e engajamento de empregados

Um ambiente de discriminação pode reprimir talentos e comprometer a capacidade da empresa de reconhecer adequadamente o desempenho de seus funcionários e dirigentes. Segundo a gerente da Vale, um ambiente diversificado abre espaço para mais talentos e para o aumento da produtividade e da retenção, segundo pesquisa.

3 – Mulheres representam mão de obra significativa e mais qualificada

As mulheres representam quase metade da população economicamente ativa do Brasil, ou seja, um contingente significativo de mão de obra do qual a indústria não pode abrir prescindir. E elas são mais qualificadas. Seu tempo médio de escolaridade é de 7,4 anos, contra sete anos dos homens, de acordo com o Instituto Ethos.

4 – Promover a igualdade melhora a imagem para a empresa

A igualdade de gênero foi reconhecida como um direito humano desde a criação das Nações Unidas. Construir a autonomia feminina e promover a equidade entre homens e mulheres foi um dos consensos estabelecidos na Cúpula do Milênio, evento promovido pela ONU em setembro de 2000. "Para uma empresa, aderir a esse compromisso é um sinal de responsabilidade social e fortalece sua reputação", comenta Hanna.

5 – Politicamente correto

A equidade de gênero significa que as mulheres e os homens sejam tratados de forma justa de acordo com as suas respectivas necessidades. Pode incluir um tratamento igual ou diferente, mas considerado equivalente em termos de direitos, benefícios, obrigações e oportunidades. "No contexto do desenvolvimento, um objetivo de equidade de gênero requer, frequentemente, medidas integradas para compensar as desvantagens históricas e sociais das mulheres."

LEIA TAMBÉM:

- Melhores empresas para trabalhar no Brasil: Benefícios oferecidos para as mulheres são exemplo para outras firmas