NOTÍCIAS
16/03/2015 21:12 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:13 -02

Obra do educador Paulo Freire, atacado em faixa de protesto contra Dilma, está disponível para download

CLOVIS CRANCHI/ESTADÃO CONTEÚDO

Chega de doutrinação marxista.

Basta de Paulo Freire.

Os dizeres estavam em raros cartazes ou faixas vistos nos protestos contra o governo do PT e da presidente Dilma Rousseff.

Entretanto, foram o gatilho para um levante de admiradores do filósofo Paulo Freire, um dos educadores mais respeitados do Brasil e do mundo.

Autor de Pedagogia da Autonomia e uma série de livros que visam ao empoderamento do estudante, dentro de suas singularidades, o intelectual teve sua extensa obra traduzida para diversos idiomas. Inspirou várias linhas de pesquisa mundo afora.

O acervo dele está disponível na internet (clique aqui para acessar).

Patrono da Educação Brasileira, Freire pode ter agora parte de sua obra difundida em vídeo.

O professor André Azevedo da Fonseca, da UEL (Universidade Estadual de Londrina), começou uma campanha de crowdfunding para arrecadar recursos para o projeto.

"Decidi dividir o trabalho em 30 vídeos curtos para que o público não especializado tenha mais oportunidades de estabelecer esse primeiro contato com a obra de Paulo Freire", disse ao portal EBC.

Interessados em contribuir podem acessar o site Catarse e fazer sua colaboração até o dia 23 de março.

Falta ainda mais da metade da meta para Fonseca executar a obra de Freire em vídeo.

LEIA MAIS:

- Após faixa pedir um ‘basta de Paulo Freire', ONU divulga mensagem aos que dispensam ensinamentos de Paulo Freire

- Após protestos contra o governo, a presidente Dilma Rousseff diz que valeu a pena lutar pela democracia