LGBT
13/03/2015 16:06 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:12 -02

Conheça as estonteantes drag queens da China (FOTOS)

Kevin Frayer via getty images

Embora a homossexualidade possa se manifestar e ser entendida de uma forma diferente na China em relação a outras partes do mundo, ainda assim o país tem alguns emblemas bem familiares da comunidade de lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros — incluindo drag queens.

O fotógrafo Kevin Frayer forneceu ao The Huffington Post esta interessante compilação de fotos documentando performances de drag queens em Nanning, na província de Guangxi, no sul da China. Todas essas drag queens trabalham na mesma casa noturna, com muitas delas morando e criando laços fora do trabalho.

O The Huffington Post conversou com Frayer esta semana sobre sua experiência ao documentar esses artistas. Confira o trabalho do fotógrafo abaixo. A seguir, trechos da entrevista:

The Huffington Post: Por que você decidiu embarcar nesse projeto?

Estou sempre buscando uma visão singular da China. As coisas existem aqui como em todo lugar, e é importante destacar todos os elementos da sociedade — para fornecer uma visão mais ampla. E frequentemente são histórias maravilhosas de ser compartilhadas.

Quem são as drag queens envolvidas no projeto? Todas trabalham em casas noturnas?

As drag queens retratadas em minhas fotografias trabalham na mesma boate. Algumas delas moram e se socializam juntas, e outras estão namorando. São pessoas realmente maravilhosas — calorosas, envolventes, honestas e convidativas. É prazeroso compartilhar a experiência delas.

Como é a vida de uma drag queen na China?

Elas têm os mesmos desafios diários de outras pessoas, mas também lutam para tentar navegar pelos obstáculos e atitudes. A China não é um lugar fácil às vezes, mas para muitas a maior dificuldade é serem aceitas por suas famílias.

O que você quer que as pessoas levem dessas imagens?

Primeiramente, quero que as pessoas vejam que há muito mais coisas na China do que a visão clichê. Em relação às drag queens, é simplesmente uma pequena vinheta de suas vidas... como algumas vieram de outras cidades e vilas e estão encontrando aceitação e senso de comunidade, bem como a realização criativa ao atuarem juntas.