MULHERES
10/03/2015 17:07 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:12 -02

Campanha do Instituto Avon quer incentivar mulheres a não 'maquiar' a violência doméstica (VÍDEO)

No Brasil, uma em cada três mulheres já sofreu algum tipo de violência.

E sofreu em silêncio.

Para incentivar as mulheres a não silenciar a violência, o Instituto Avon lança a campanha “Linha 180 – seu brilho natural de volta”, criada em parceria com a Secretaria de Política para as Mulheres/Presidência.

Com o slogan “a violência não pode ser maquiada”, a campanha tem como peça central a apresentação de uma linha de maquiagem invisível, que não esconde as marcas de violência no rosto da mulher.

Ao serem apresentados, os produtos servem de pretexto para falar sobre as várias formas de violência doméstica contra a mulher, e sempre indicar o uso da Linha 180, que na verdade é uma linha de telefone para denúncias destes tipos de casos, semelhante ao Disque Denúncia 181, mas voltada apenas para as mulheres, chamada "Central de Atendimento à Mulher".

Um dos pontos fortes fundamentais da campanha é a capacitação de revendedoras autônomas para entender com mais profundidade o que é a Central de Atendimento à Mulher e a Lei Maria da Penha - para criar uma rede de conscientização entre as mulheres.

Como parte da ação, também foi criada uma nova edição de folhetos informativos para serem distribuídos pelo Instituto Avon, dentro das iniciativas da campanha Fale Sem Medo - Não à Violência Doméstica e um hotsite especial, é possível conferir o folheto da campanha, que simula um folheto de produtos da Avon, utilizando a linguagem dos produtos de beleza, e as últimas pesquisas sobre a violência doméstica realizada pelo Instituto Avon, em 2013 e 2014.

LEIA MAIS:

- 4 situações inadmissíveis que ainda acontecem com as mulheres

- Campanha 'por que é tão difícil enxergar preto e azul?' pede fim da violência contra a mulher