NOTÍCIAS
09/03/2015 21:27 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:12 -02

Paleteria pede desculpas após funcionário expulsar casal gay da loja na zona nobre de São Paulo

Montagem/Facebook/Flickr

O jornalista Raul Perez e o namorado foram expulsos no domingo (8) de uma paleteria nos Jardins, área nobre de São Paulo (8), porque estavam se beijando. Incomodado com o beijo, um casal heterossexual queixou-se a funcionários da Me Gusta Picolés Artesanais, na rua Augusta. Um dos seguranças mandou os jovens saírem do local sob o pretexto de que "era um ambiente familiar".

Raul não se calou diante do ato de discriminação. Ele denunciou o caso ao Centro de Combate à Homofobia, vinculado à prefeitura de São Paulo.

Pelo Facebook, a sorveteria fez um pedido oficial de desculpas e comparou amor a sorvete: "tem de todos os tipos, todos os gostos e de todas as cores".

A Me Gusta Picolés Artesanais admitiu o ato de intolerância, mas justificou que foi uma "atitude isolada e sem autorização superior" de um funcionário.

A retratação veio como uma ode à diversidade:

"Consideramos justa TODA forma de amor. Consideramos como família QUALQUER tipo de família. Aqui tem espaço para o mundo todo! Não vamos deixar que uma expressão tão covarde, violenta e nojenta como a homofobia fale mais alto que o "hmmm" que as pessoas falam depois de tomar nossos sorvetes."

No próximo sábado, a Me Gusta informa que está organizando um beijaço no local para expressar seu "compromisso com o respeito e amor ao próximo".