Mulheres perdem QUATRO anos inteiros de suas vidas cozinhando para a família

Ninguém reconhece, mas a mãe moderna tem jornada de trabalho dupla: além de ganhar menos no escritório, quando chega em casa precisa trabalhar de graça, doando grande parte do seu tempo de lazer a afazeres domésticos.

Uma pesquisa encomendada pela empresa inglesa B&Q em 2012 consultou mais de mil mulheres britânicas com filhos para saber quanto tempo elas perdiam diariamente cozinhando para a família.

A média? Dezoito dias por ano.

Ou seja, se uma mulher viver 75 anos, ela terá perdido QUATRO anos de vida com a barriga esquentando no fogão 24h por dia.

Mas e os homens? De acordo com uma outra pesquisa, realizada pelo Pew Research Center, mulheres gastam semanalmente cerca de seis horas a mais cuidando da casa que os homens nos Estados Unidos.

O número é BEM melhor do que em 1965, quando os homens passavam apenas 4 horas por semana cuidando da casa e as mulheres, 36. Ainda assim, é muito, mas muito desigual.