COMPORTAMENTO
09/03/2015 13:28 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:12 -02

Essas duas adolescentes não são só irmãs. Elas são gêmeas

Quando Lucy e Maria Aylmer dizem que são gêmeas, recebem olhares incrédulos.

As irmãs de 18 anos de Gloucester, Reino Unido, são filhas de um pai caucasiano e uma mãe “meio jamaicana”, segundo o World Wide Features. Os outros três irmãos têm traços misturados dos pais, mas Lucy e Maria são opostas: Lucy tem pele clara e cabelo ruivo, enquanto Maria tem pele caramelada e cabelo escuro.

Lucy, à esquerda, estuda arte e design no Gloucester College. Maria estuda direito e psicologia no Cheltenham College.

“Ninguém acredita que somos gêmeas, pois sou branca, e Maria é negra", disse Lucy, segundo o World Wide Features. “Mesmo quando usamos roupas iguais, não parecemos irmãs, muito menos gêmeas. Às vezes temos de mostrar nossas certidões de nascimento para convencer as pessoas de que somos realmente gêmeas.”

Gêmeos fraternais se desenvolvem a partir e dois óvulos fertilizados por células de esperma separadas. A BBC afirma que um casal birracial que espera gêmeos tem 1 chance em 500 de que os filhos tenham cor de pele diferente.

As irmãs Aylmer têm orgulho de serem únicas.

“Agora que estamos mais velhas, mesmo parecendo tão diferentes, nossa ligação é muito mais forte”, disse Lucy. “Somos orgulhosas de sermos gêmeas uma da outra. Maria adora contar pros colegas de faculdade que tem uma gêmea branca – e eu tenho muito orgulho de ter uma gêmea negra”.

Este artigo foi originalmente publicado pelo HuffPost US e traduzido do inglês.

LEIA MAIS:

15 maneiras de controlar o ciúme entre irmãos

O realizador, o pacificador e o brincalhão: como a ordem de nascimento afeta a personalidade dos irmãos

10 curiosidades sobre gêmeos que vão te surpreender