NOTÍCIAS
15/02/2015 15:00 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:02 -02

Casos de violência no Rio de Janeiro e na Bahia mobilizam a polícia. Uma pessoa morreu e mais nove foram baleadas em Paraty

Divulgação/SSP

Dez pessoas com idade entre 22 e 32 anos foram baleadas em um bloco de Carnaval, na praça da Matriz, em Paraty, no litoral do Estado do Rio de Janeiro, na madrugada deste domingo (15).

Alvo de cinco disparos, o traficante Emerson Martins de Jesus, 22, morreu na tarde de hoje.

De acordo com informações da Folha de S.Paulo, dois atiradores fugiram usando um barco, e um terceiro, a pé. O tiroteio teria ocorrido entre duas duplas de traficantes rivais que se encontraram no bloco.

"O que pudemos apurar foi que dois traficantes tentaram matar um rival, mas não contavam que o alvo estaria acompanhado", disse o delegado Bruno Gilaberte ao jornal. Os feridos foram identificados como:

Rodrigo Eiras;

Fernando Alves Silvino;

Larissa da Rocha Chaves, 20;

Renata dos Santos, 22;

Flávia Aline de Moraes, 31;

Thiago Barbosa da Silva, 32;

Ellen Oliveira dos Santos, 19;

Brenda Maria Pacheco;

Roberto Pacheco.

Eiras, Renata e Flávia já receberam alta.

O tiroteio deve mudar a cara do Carnaval da cidade. A prefeitura informou que a festa continua, mas com restrições. Desde cedo, a Polícia Militar discute quais serão as alterações.

Bahia

A folia baiana também teve registro de violência. No sábado (14), a Secretaria da Segurança Pública (SSP) do estado divulgou as imagens de uma ocorrência com uso de arma de fogo no circuito do Campo Grande, em Salvador. A polícia procura o autor dos disparos, que aparece no vídeo.