NOTÍCIAS
12/02/2015 15:03 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:02 -02

Papa Francisco diz que casais que não desejam filhos são 'egoístas' e fazem parte de uma 'geração mesquinha'

AP

Poucos dias depois de dizer aos católicos para não se procriarem "como coelhos", o papa Francisco veio a público para chamar de "egoístas" os casais que optam por não ter filhos. Na última quarta-feira (11), em discurso na Praça São Pedro, no Vaticano, o pontífice falou da importância das crianças na sociedade e disse que aqueles que não desejam se procriar fazem parte de uma "geração mesquinha".

"Uma sociedade com uma geração mesquinha, que não deseja ser cercada por crianças por considerá-las sobretudo uma preocupação, um peso, um risco, é uma sociedade deprimida", disse. "A escolha de não ter filhos é egoísta. A vida se rejuvenesce e adquire energia quando se multiplica. Ela se enrique, e não se empobrece."

A afirmação do papa contradiz, em termos, suas declarações no mês passado. Durante uma visita às Filipinas, o pontífice disse que os católicos não deveriam sentir que devem se reproduzir "como coelhos" devido à proibição da Igreja Católica a métodos contraceptivos.

Na ocasião, o líder da Igreja Católica, com 1,2 bilhão de fiéis, reafirmou a proibição aos métodos contraceptivos artificiais e acrescentou que existiam "muitas vias permitidas" de planejamento familiar natural. A Igreja aprova apenas os métodos naturais de contracepção, principalmente a abstinência do sexo durante o período fértil da mulher.