NOTÍCIAS
12/02/2015 17:15 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:02 -02

Movimento de direita de Curitiba lança marchinha de Carnaval em homenagem a Olavo de Carvalho (VÍDEO)

Montagem/Reprodução Facebook

Integrantes de um grupo intitulado Direita Curitibaestão no clima do Carnaval. Para demonstrar isso, eles resolveram cair no samba e apresentaram ao mundo a marchinha que vai abalar o Carnaval curitibano: Olavo tem razão!. Sim, o homenageado é o ícone da direita brasileira, o filósofo e jornalista Olavo de Carvalho.

A letra deve agradar em cheio aos que o admiram.

“Chegou a vez de você conhecer a obra de um patriota

É o mínimo que você precisa saber pra não ser um idiota

Basta um artigo pra compreender que a verdade não tem atalho

Não perca a chance de aprender com Olavo de Carvalho”

Importante notar apenas alguns pontos cômicos da iniciativa, a saber (para você que não é de Curitiba):

1 – A capital paranaense é a verdadeira antítese do Carnaval no Brasil – não por acaso, já foi alvo de piadas de José Simão sobre o assunto (aqui e aqui). Em geral, o curitibano agradece o feriado para poder dar uma chegada em Matinhos ou Caiobá, ou descer para as praias do Estado vizinho, Santa Catarina;

2 – O próprio Olavo de Carvalho não é exatamente um fã do Carnaval. Em sua própria página, o ícone da direita brasileira já descascou a festa popular nacional em alguns dos seus artigos.

“Entre o trabalho forçado e a diversão obsessiva (da qual o Carnaval é a amostra mais significativa), acumula-se na alma do brasileiro a inveja e uma surda revolta contra todos os que levem uma vida grande, brilhante e significativa, sobre os quais, mesmo quando são pobres, paira a suspeita de serem usurpadores e ladrões, pelo menos ladrões da sorte”, escreveu na revista Bravo!, em fevereiro de 2000.

E antes que você se pergunte, a gente te responde:

- Sim, tudo o que está errado no País é culpa EXCLUSIVA do PT;

- Sim, os direitistas curitibanos também esperam pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff (embora a Constituição Federal peça um ‘crime de responsabilidade’ para pavimentar uma votação de dois terços na Câmara, responsável por uma eventual abertura do processo, o que não há até o momento);

- Sim, eles são entusiastas da Polícia Militar (que tem mais que ‘descer o sarrafo’ em quem queira ocupar as ruas).

- Sim, eles votariam em Jair Bolsonaro (PP-RJ) e Marco Feliciano (PSC-SP) se ambos saíssem candidatos a deputado pelo Paraná;

- Sim, eles são leitores de Rodrigo Constantino.

Aos de centro e de esquerda, durmam com um barulho desses. Garantimos que, durante o Carnaval, a vazia Curitiba é um bom destino para descansar e dormir bastante.